fbpx

Venom é melhor do que você poderia esperar

Muita gente esperava que Venom seria simplesmente péssimo. Já aviso que não. O filme diverte e tem boas cenas, especialmente as que envolvem o extraterrestre personagem-título. Na história, Eddie Brock (Tom Hardy) é um jornalista que investiga o misterioso trabalho de um cientista, suspeito de utilizar cobaias humanas em experimentos mortais, que incluem uma descoberta que veio do espaço. Só que quando ele entra em contato com um  dos alienígenas, Eddie passa a hospedá-lo em seu corpo, e se torna Venom, uma máquina de matar incontrolável. Só que o filme trata com carinho esses dois personagens, transformando Eddie/ Venom mais em um anti-herói do que propriamente num vilão.

Dito isso, veja abaixo os prós e contras de Venom, que estreou hoje nos cinemas.

Prós

  •  Quem é fã dos quadrinhos, diz que a ausência do Homem Aranha é um problema para o filme. Discordo. Como não conheço os quadrinhos, achei que o personagem se aguenta muito bem sem o aracnídeo .
  • Os efeitos especiais são ótimos. Repare em todas as cenas que mostram Eddie se transformando em Venom e vice-versa.

  • O filme é violento, mas também tem um quê de comédia. Especialmente nos diálogos entre Eddie e Venom, que acontecem dentro da cabeça dele.
  • A voz de Venom é ótima. E o que mais surpreende é que se trata da voz do próprio Tom Hardy, tratada com efeitos de som.

Contras

  • Eu sinceramente não gosto de Tom Hardy como ator. Mas acho que ele nunca esteve pior como aqui em Venom. Canastrão, histriônico, parece que está bêbado (ou chapado) boa parte do tempo. Se ele queria fazer um tipo Jim Carrey, teria que ter aprendido melhor com o original.

  • A peruca de Michelle Williams é uma vergonha alheia. O mundo está acabando, ela está correndo, e a peruca nem se mexe. Michelle já não leva jeito para a coisa (filme de ação), e a peruca acaba deixando tudo mais fake ainda!

  • Riz Ahmed pode ter sido votado como uma das pessoas mais influentes do mundo, mas seu vilão é fraco. Ainda bem que no finalzinho aparece um vilão mais interessante.

  • Apesar de fazer parte das histórias do Homem-Aranha, não tem Tom Holland, nem Vingadores nessa história. A história se passa num universo paralelo.

No final, apesar de usar o humor, Venom é bem diferente dos filmes da Marvel que seguem por esse caminho. Ele me lembrou um pouco o estilo dark, mas com um pouco de comédia de Homem-Aranha 3, com Tobey Maguire, de 2007. Aliás, foi nesse filme que Venom fez sua primeira aparição no cinema, com Topher Grace no papel.

Ah, fica a dica! Têm duas cenas pós-créditos. Uma no meio, que mostra que os produtores pretendem dar um continuação a Venom e já apresentam um novo vilão conhecido dos fãs de quadrinhos –  detalhe: é um ator famoso. E a segunda mostra uma sequência do novo desenho do Homem-Aranha. Vale ficar até o fim.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *