fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Salma Hayek conta mais sobre Ajak e sobre Eternos

Eu admiro a personalidade e a carreira de Salma Hayek. Acompanho há bastante tempo, desde a época de A Balada do Pistoleiro. Ela poderia ter ficado restrita a papéis de coadjuvante como tantas outras atrizes latinas. Mas não! Concorreu ao Oscar, com Frida. Como produtora da série Ugly Betty concorreu ao Emmy. Está hilária nos dois filmes de Dupla Explosiva. Sempre é um acontecimento no red carpet. E  tem dois filmes importantes neste final de ano. Um é Casa Gucci, que estreia ainda este mês. E, claro, Eternos, onde se tornou uma estrela latina no Universo Cinematográfico da Marvel. Salma Hayek respondeu a várias perguntas enviadas por email  – exclusivas – sobre o filme, sua personagem e como foi o clima no set. Está tudo aqui. E ela termina de maneira muito divertida!

O que você gosta no Universo Cinematográfico da Marvel?

Acho que a genialidade do Universo Cinematográfico Marvel é que ele tem super heróis com um monte de falhas humanas. É uma abordagem muito esperançosa para o público porque eles veem super heróis de um jeito com que eles podem se identificar de várias formas.

Quem são os Eternos?

Os Eternos são seres extraterrestres que vieram à Terra, da mesma maneira que foram no passado para outros planetas, para consertar as coisas. Neste caso, eles vieram a este planeta para proteger a população dos Deviantes.

Os Eternos existem há muito tempo?

Sim, os Eternos existem há muito tempo e estão na Terra desde que tudo começou. No início, eles deixaram os humanos saberem de sua existência, que eles estavam lá e que eles eram Super Heróis. Mas então meu personagem, Ajak, percebeu que era muito importante para os humanos criarem seus próprios heróis. Dessa maneira se tornariam seus próprios heróis. Então eles passaram a se esconder, posando como humanos.

Como foi a relação com os outros membros do elenco?

Quando nos conhecemos na Comic-Con foi incrível porque havia muitas pessoas para quem estávamos nos apresentando. E ao mesmo tempo estávamos nos apresentando uns aos outros. Foi estranho e um pouco preocupante também ver o nível de expectativa que o público tinha para esta nova franquia. Estávamos lá nos olhando e pensando: “É melhor fazermos isso direito.”

Havia companheirismo no set?

Sim, nos demos muito bem imediatamente. Acho que o elenco deste filme foi feito de forma muito inteligente. São todos únicos, especiais, amorosos e generosos. Então foi fácil nos tornarmos uma família. Nos tornamos amigos rapidamente.

Quem é seu personagem?

Ajak é uma líder dos Eternos. Ele tem que supervisionar todos esses seres extraordinariamente poderosos e inteligentes. E que, às vezes, ficam entediados e fazem coisas loucas. Ou, às vezes, se distraem e querem abandonar a missão. Além disso, ela é a única que pode se comunicar com os Celestiais. Seu poder é o da cura. Ela tem uma relação muito especial com cada um dos Eternos, embora todos sejam diferentes. A forma como ela aborda essa posição de liderança é do ponto de vista da maternidade. Isso a torna muito diferente de outros líderes de outros filmes.

O que pode me dizer sobre seu traje?

Fiquei um pouco chocada quando me vi com o traje pela primeira vez. Porque eu estava tentando agir de maneira fiel à personagem e torna-la muito humana em vários aspectos. E quando me vi com a roupa de Super Herói, senti como se estivesse no Halloween ou algo assim. Eu não estava acostumada. Foi estranho. Mas também havia o outro lado. Eu me senti poderosa e o entusiasmo da minha criança interior. E, ao mesmo tempo, o orgulho de poder usar este traje significa algo importante. Tive a sorte de trabalhar com Sammy Sheldon Differ, nosso figurinista, e ela colocou muitos elementos simbólicos no meu terno. Tenho um capacete espetacular. Eles me deixaram colaborar com algumas coisas também. Investimos muito trabalho e também muito amor nesse traje.

O que está em jogo neste filme?

Eu acho ótimo que o que está em jogo é sempre algo muito importante nos filmes da Marvel Studios. É sobre o fim do mundo. E eu acho que neste, em particular por causa da diretora, a maneira como ela filma e sua visão, se sente que é tudo extremamente pessoal. Você tem a sensação de que ela está fazendo quase um filme independente, mas é enorme. Quero dizer, não no sentido de que é independente, mas que muitos filmes independentes são histórias muito pessoais. E isso é amplificado visualmente e com tanto em jogo. É uma bela combinação.

Por que Chloe Zhao foi a diretora ideal em sua opinião?

Estou tão feliz por fazer parte deste filme em particular para a Marvel Studios. Porque  Chloe tem uma visão muito específica para o filme. É o elenco mais diversificado que eles tiveram até agora. E ela usa nossas personalidades e nossa diversidade de uma forma fluida, unificada e comemorativa. Não usamos apenas cenários e tela verde. É muito orgânico.

Como as filmagens nas locações ajudam?

Quando você está em um lugar real, ajuda você a se sentir na realidade. Mesmo que o lugar seja estranho, mesmo que seja um lugar que você não conhece. Também é filmado de uma forma bonita e muito pessoal. Também não são as planos típicos. Não são lugares típicos. Faz você se sentir parte de algo muito especial.

Qual é o seu momento favorito?

Eu tive um momento muito importante neste filme num nível pessoal. Há muitos anos, eu tive um acidente muito sério com um cavalo. Eu amo cavalos e tenho cavalos, mas eu não monto em um cavalo. E eu tive uma cena em que eu tinha que montar um cavalo. A verdade é que eu não sabia se seria capaz de fazê-lo. Eu poderia ter usado um dublê, mas decidi fazê-lo. Me libertei dos meus medos. Eu fui capaz de sair e galopar com o cavalo. Sinto que até ajudou meu personagem. Foi uma experiência libertadora para mim.

Como foi fazer essa jornada com seu personagem?

Algo que eu realmente aprecio é que sinto que criei uma relação especial com cada um dos personagens e com cada um dos atores. Sinto que comecei belas amizades. Às vezes, eu agi como uma mediadora, aceitando todos eles e mantendo-os juntos. Eu sei que isso é parte do meu personagem, mas ficou comigo. Eu me sinto responsável. Quero que eles se amem bem e se sintam bem, que se sintam melhor. Às vezes eles me chamam para falar de seus problemas e eu adoro isso. Eu amo esse personagem.

Os Eternos são mais fortes juntos do que isolados.

Sim, é importante notar que somos super heróis. Somos todos muito poderosos, mas ainda mais poderosos quando estamos juntos. Porque somos muito diferentes, e acho que essa também é outra mensagem. A importância de trabalharmos juntos para ajudar este planeta, aceitando e aproveitando nossas diferenças. Há muitas entre os personagens, em suas ideologias e em suas escolhas. Poderiam permanecer separados. Entretanto, mesmo que  às vezes possa parecer muito difícil encontrar uma maneira de seguir um caminho juntos, eles devem fazê-lo.

Que papel seu personagem desempenha na família?

Ajak é muito maternal, e no final do dia, suas escolhas são baseadas em seu amor maternal por esta família extraordinária.

Uma palavra que representa Ajak.

Maternidade.

Seu Vingador preferido.

Meu Vingador favorito é o Hulk porque me lembra a minha avó.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Streaming

O Disney Plus escolheu o dia 12 de novembro para fazer o seu Disney Plus Day. E com isso programaram um monte de coisas...

Cinema

Sim, todo mundo está falando sobre Eternos, que estreia nessa quinta nos cinemas. O filme apresenta um novo grupo de heróis da Marvel. É...

Cinema

Quando você tem um universo de super-heróis que é totalmente interligado, qualquer atraso é um grande problema. É o caso da Marvel. Esse ano...

Séries

Como provavelmente 99,9 % das pessoas, eu acho que o Gavião Arqueiro é o pior personagem dos Vingadores. Também não ajuda a falta de...

Cinema

Parece que o processo de Scarlett Johansson contra a Disney deu resultado. Afinal, a Disney anunciou que seus próximos lançamentos serão lançados com exclusividade...

Cinema

A história de um filme de Shang-Chi vem rondando Hollywood há muito tempo. Por exemplo, nos anos 80, Stan Lee queria fazer uma série...

Gossip

Gente, essa é uma briga de gigantes. Nessa quinta (29), Scarlett Johansson entrou com um processo contra a Disney. O problema foi o lançamento...

Cinema

Em 2017, por muito pouco, Dupla Explosiva, com Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson, não entrou a minha lista dos Top 10 do ano....