fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O novo Dupla Explosiva diverte tanto quanto o primeiro

Em 2017, por muito pouco, Dupla Explosiva, com Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson, não entrou a minha lista dos Top 10 do ano. O filme está disponível no Paramount Plus e no Telecine. Ele conta a história de um guarda-costas famoso, que agora possui um novo cliente. É um assassino de aluguel que precisa testemunhar na Corte Internacional de Justiça. Agora, a dupla trabalha em conjunto para capturar em apenas 24 horas um sanguinário ditador. O filme é divertidíssimo. E agora chega essa semana aos cinemas Dupla Explosiva 2 – E a Primeira-dama do Crime. É tão divertido quanto o primeiro.

Um tempo se passou. O guarda-costas Michael Bryce (Ryan Reynolds) está numa licença sabática. Só que ele terá que deixar essa história para proteger Darius (Samuel L. Jackson) e Sonia (Salma Hayek), o casal estranho mais letal do mundo. O problema é que eles se meteram em uma trama global. E acabam sendo perseguidos por Aristotle Papadopolous (Antonio Banderas), um louco vingativo e poderoso.

A crítica

Assim como o primeiro filme, a sequência alterna de maneira perfeita a comédia e a ação. Há muitos palavrões e tiros para todos os lados. A diferença aqui é a importância dada ao personagem de Salma Hayek. Além de Sonia ser citada no título, ela também ganha muito mais visibilidade na história. E a atriz agarra a oportunidade com unhas e dentes. Sonia está ainda mais enlouquecida, e luta, xinga e se comporta em pé de igualdade com os homens.  Salma está visivelmente se divertindo com tudo isso. É seu melhor papel em muito tempo.

Ainda há um outro fator que mantém os olhos grudados na tela. São as cenas entre Salma Hayek e Antonio Banderas, que faz o vilão.  Os dois são amigos e sua química é fenomenal. Repare nas cenas de flashback, os dois tem os looks de A Balada do Pistoleiro. Nostalgia boa.

Há vários momentos divertidos. A primeira aparição de Morgan Freeman é uma delas. E Ryan Reynolds está ótimo como o sempre sofredor Michael Bryce. E ainda tem as participações de Frank Grillo e Tom Hopper (Umbrella Academy). No final, esse segundo Dupla Explosiva é uma ótima diversão que me fez rir horrores. Inclusive com a cena totalmente pós-créditos. Ou seja você vai ter que esperar por todos aqueles nomes quilométricos. Mas vai valer a pena. Com certeza você vai sair dando risada da sala de cinema. Nestes tempos em que vivemos, é algo muito bem-vindo.

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Deserto Particular, o candidato do Brasil, ficou de fora do pré- finalistas ao Oscar de filme estrangeiro. Mas O Homem Ideal, representante da Alemanha,...

Cinema

Normalmente a gente espera que filmes de Natal sejam fofinhos e bobinhos, como Um Castelo para o Natal da Netflix, que assisti ontem. Tem...

Streaming

Muito bom voltar a fazer o vídeo da semana depois da viagem. Perdi alguns filmes como King Richard, mas deu tempo de chegar para...

Cinema

Mesmo com seu 69 anos, Liam Neeson não para de trabalhar. Ele já anunciou que não quer fazer mais filmes de ação, porque realmente...

Moda

Casa Gucci estreou hoje nos cinemas. E sim, o figurino de Janty Yates é um dos destaques do filme. Mas, a gente acompanha também...

Cinema

Já faz muito tempo que o Brasil tenta, tenta, e não chega lá entre os finalistas do Oscar. A última vez foi no século...

Cinema

Wes Anderson tem um estilo todo especial. Tem pelo menos uma grande obra-prima, Ilha dos Cachorros (disponível no Star Plus) . Também tem outros...

Cinema

Tenho uma certa dificuldade de lidar com gente que fala demais. Daquele tipo que adora ouvir sua própria voz, sabe como é? Então para...