fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O novo Dupla Explosiva diverte tanto quanto o primeiro

Em 2017, por muito pouco, Dupla Explosiva, com Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson, não entrou a minha lista dos Top 10 do ano. O filme está disponível no Paramount Plus e no Telecine. Ele conta a história de um guarda-costas famoso, que agora possui um novo cliente. É um assassino de aluguel que precisa testemunhar na Corte Internacional de Justiça. Agora, a dupla trabalha em conjunto para capturar em apenas 24 horas um sanguinário ditador. O filme é divertidíssimo. E agora chega essa semana aos cinemas Dupla Explosiva 2 – E a Primeira-dama do Crime. É tão divertido quanto o primeiro.

Um tempo se passou. O guarda-costas Michael Bryce (Ryan Reynolds) está numa licença sabática. Só que ele terá que deixar essa história para proteger Darius (Samuel L. Jackson) e Sonia (Salma Hayek), o casal estranho mais letal do mundo. O problema é que eles se meteram em uma trama global. E acabam sendo perseguidos por Aristotle Papadopolous (Antonio Banderas), um louco vingativo e poderoso.

A crítica

Assim como o primeiro filme, a sequência alterna de maneira perfeita a comédia e a ação. Há muitos palavrões e tiros para todos os lados. A diferença aqui é a importância dada ao personagem de Salma Hayek. Além de Sonia ser citada no título, ela também ganha muito mais visibilidade na história. E a atriz agarra a oportunidade com unhas e dentes. Sonia está ainda mais enlouquecida, e luta, xinga e se comporta em pé de igualdade com os homens.  Salma está visivelmente se divertindo com tudo isso. É seu melhor papel em muito tempo.

Ainda há um outro fator que mantém os olhos grudados na tela. São as cenas entre Salma Hayek e Antonio Banderas, que faz o vilão.  Os dois são amigos e sua química é fenomenal. Repare nas cenas de flashback, os dois tem os looks de A Balada do Pistoleiro. Nostalgia boa.

Há vários momentos divertidos. A primeira aparição de Morgan Freeman é uma delas. E Ryan Reynolds está ótimo como o sempre sofredor Michael Bryce. E ainda tem as participações de Frank Grillo e Tom Hopper (Umbrella Academy). No final, esse segundo Dupla Explosiva é uma ótima diversão que me fez rir horrores. Inclusive com a cena totalmente pós-créditos. Ou seja você vai ter que esperar por todos aqueles nomes quilométricos. Mas vai valer a pena. Com certeza você vai sair dando risada da sala de cinema. Nestes tempos em que vivemos, é algo muito bem-vindo.

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Em 2018, o filme Halloween deu um “refresh” na franquia de mais de 40 anos. Quebrou vários recordes, e fez muito dinheiro. Já deixou...

Cinema

Ridley Scott é quase sempre referência quando se fala em um espetáculo grandioso. Já foi indicado quatro vezes ao Oscar, uma delas por Gladiador....

Cinema

O final de semana está chegando e o grande acontecimento é a estreia de Venom: Tempo de Carnificina no cinemas. Ele é o destaque...

Cinema

Lembro que quando Venom  estreou em 2018, todo mundo esperava pelo pior. Mas o filme tinha um bom ritmo, e ainda os diálogos divertidos...

Cinema

Eu gosto dos filmes de James Bond da fase de Daniel Craig. Menos Spectre, que é bem fraco, especialmente no que diz respeito à...

Streaming

Sexo vende e todo mundo sabe. Especialmente em tempos de pandemia quando o contato fica mais difícil. Então vários conteúdos disponíveis no streaming tiveram...

Streaming

A Netflix tem lançado vários filmes do gênero suspense policial. É o mesmo princípio daqueles  que no passado de filmes para vídeo. Era assim...

Streaming

Desde o começo, a HBO Max assumiu um compromisso de ter  conteúdos de várias partes do mundo. E agora chega uma interessante produção brasileira,...