fbpx

Para matar a saudade de Tom e Jerry no cinema

Tom e Jerry estão entre aquelas lembranças boas da infância. A gente assistia aqueles desenhos das brigas dos dois, criados por William Hanna e Joseph Barbera até cansar, rsrs. Nos anos 90, um longa metragem passou nos cinemas, mas não deu certo. Décadas depois, o apelo dos gato e do rato ainda é presente. Há algum tempo, houve até uma discussão se a violência dos desenhos de Tom e Jerry não deveria ser censurada, e retirada da programação de um canal infantil. Ah, gente, o mundo anda muito chato, não? Pois bem, para quem gosta dos dois e de suas perseguições muito malucas, está chegando oficialmente nessa quinta nos cinemas o filme Tom &  Jerry: O Filme, que mistura desenho com live action.

Tom e Jerry acabam de chegar a Nova York. O primeiro encontro deles no Central Park já causa uma grande destruição, rs. Só que Jerry resolve se mudar para o melhor hotel de Nova York na véspera de um grande evento, Este vem sendo chamado de o “casamento do século”.  E um rato não pode ser visto no local, certo? Com isso, a  desesperada organizadora do evento (Chloe Grace Moretz) resolve contratar Tom para se livrar do rato.  Já dá para imaginar o que pode acontecer no local. A batalha de gato e rato que se segue ameaça destruir a carreira dela, o casamento, e até o próprio hotel. Mas logo surge um problema ainda maior: um funcionário ambicioso  que conspira contra os três. Será que Tom e Jerry conseguirão trabalhar juntos para salvar sua pele?

A crítica

O filme mistura animação clássica com live action, do tipo Roger Rabbit. Todos os seres humanos são de verdade, e todos os animais são desenhos. E pode ficar tranquilo. Ratinho e Tom Cavalcanti não dublam os dois personagens (ainda bem!Rs). Conforme manda a tradição, os dois personagens não falam. Uma coisa interessante é que o filme usa um monte de efeitos de som, como gritos e uivos, que vieram diretamente do arquivo do criador dos personagens, William Hanna. Dá uma certa nostalgia!

A história é fofa, e tem aquela lembrança de Sessão da Tarde. Chloe Grace Moretz  traz um toque gracinha. Michael Peña é o vilão – do jeito dele, claro. E o casal famoso que vai se casar é composto por Pallavi Sharda (de Lion: Uma Jornada para Casa) e Colin Jost do programa Saturday Night Live – e também conhecido como marido de Scarlett Johansson. Todos estão claramente se divertindo e divertem a gente também. E, é claro, Tom e Jerry brigam muito, correm muito, destroem tudo que encontram pela frente. O cão Spike, conhecido dos desenhos, também está na história. E claro, faz Tom sofrer bastante.

No final, é um daqueles filmes para divertir crianças e adultos. Ah, e não se preocupe, nenhuma criança do passado virou um serial killer por causa da “violência” de Tom e Jerry. Rsrsrs.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *