fbpx

Os fofos Muppets estão de volta aos cinemas

 data-srcset

Sou fã dos Muppets desde menina. Na época, eles tinham uma série de TV, que toda a semana exibia um episódio com um convidado especial. Lembro bem de episódios com Liza Minelli e Paul Anka, por exemplo. Quando trabalhei para a Columbia Pictures também tive oportunidade de lançar alguns filmes como, por exemplo, Elmo na Terra dos Rabugentos, que nem era tão bom. O que realmente achei interessante em Os Muppets 2: Procurados e Amados, que estreou nos cinemas este fim de semana, foi esse resgate daquela alma da série. Uma coisa um pouco mambembe, mas com personagens tão fofos, músicas divertidas (adorei a primeira, We´re doing a sequel) e mais uma vez vários atores famosos fazendo participações especiais. Me diverti muito!

A história começa com o final do filme anterior (a mesma cena, inclusive), Os Muppets (2011). Agora, eles são contatados por um agente com más intenções que propõe uma turnê pela Europa. Enquanto isso, o sapo mais perigoso do mundo, Constantine, que se parece muito com Caco (ou Kermit para os novos fãs) foge de uma prisão na Rússia. Tudo isso é parte de um plano diabólico para roubar as joias da rainha da Inglaterra. Com Caco(Kermit) em perigo, será que os Muppets vão conseguir continuar juntos?

A lista dos astros convidados é grande. Ricky Gervais aparece mais como o “segundo” vilão e Tina Fey está ótima como sempre como a oficial russa. Me diverti bastante com Ty Burrell e suas cenas com Sam, a águia. Além deles, ainda estão Ray Liotta, Christoph Waltz, Celine Dion, Salma Hayek Tony Bennett, Lady Gaga, Tom Hiddleston, Hugh Bonneville, Usher, Stanley Tucci, Frank Langella e até as aparições expressas de James McAvoy e Chloe Moretz (se você piscar, não vai ver!)

Tina Fey, Ricky Gervais e Ty Burrell com os muppets na pré-estreia do filme em Los Angeles

Fique até o final dos créditos. Não há nenhuma cena especial, apenas as participações divertidas com Fozzie dando uma de Ferris Bueller. Só senti falta dos velhinhos rabugentos e aquela última piada. Infelizmente, o filme não foi muito bem de bilheteria nos Estados Unidos, onde tem seu maior público. Dessa maneira, o futuro da franquia fica meio incerto. Pena!

Eliane Munhoz

 style
 style

Existem 1 comentários

    1. Olá Liliane. A informação que tenho é que o filme custou 50 milhões de dólares só de produção e rendeu nos EUA 50.972.373. Assim é bom esperar que o filme dê lucro fora do país(cruzando os dedos!). Mas de início é bem abaixo do que os produtores esperavam.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *