fbpx

Oliver Jackson-Cohen será o Homem Invisível e vai voltar para a Residência Hill

 data-srcset

A primeira vez que Oliver Jackson-Cohen chamou minha atenção foi num filme chamado O que de verdade importa, que estreou no ano passado. Achei bem interessante. Depois, ao pesquisar, vi que já o conhecia das séries Emerald City e Drácula, além do filme O Corvo. Mas, por alguma razão, ele tinha me passado desapercebido. Seja o que for, depois de O que de verdade importa e principalmente de A Maldição da Residência Hill, Oliver atingiu um novo patamar. E agora foi confirmado em dois novos projetos  – para assustar.

A Maldição…

Segundo o site The Wrap, ele retornará para a segunda temporada de A Maldição da Residência Hill. Só que , pelo que se sabe, deverá ser em um papel diferente. Isso porque a série, que inicialmente teria o título de A Maldição da Mansão Bly, vai contar histórias diferentes de terror a cada temporada. Parece que agora a Netflix inclusive resolveu chamar a série de apenas A Maldição. A segunda temporada, por exemplo, será uma adaptação de obras de Henry James. Na história, uma governanta é contratada para cuidar de dois irmãos, mas fantasmas em torno da mansão mostram ter um grande domínio sobre as crianças. Ainda não se sabe qual será o papel de Oliver e nem quando a temporada irá estrear, mas já estou curiosa para ver se será tão assustadora quanto a primeira.

O Homem Invisível

Lembra quando a Universal anunciou que teria um universo de terror, com grandes astros de filmes de monstros? Só que o primeiro, A Múmia, com Tom Cruise, foi um problema de público e crítica. E então todo os outros programados foram suspensos. Um deles seria O Homem Invisível, que teria Johnny Depp no papel principal. Só que nesse caso específico, o filme vai acontecer, só que numa escala de produção bem mais modesta. A produtora Blumhouse pegou o projeto, e  resolveu deixar do seu jeito. Ou seja, uma produção barata e com apelo popular. E chamou Oliver Jackson-Cohen para o papel principal.

O filme terá roteiro, direção e produção executiva de Leigh Wannell, que também escreveu e produziu Sobrenatural: A Última Chave. Para quem não conhece a história do homem invisível, ela é baseada no livro de H. G. Wells sobre um químico  que acaba descobrindo o segredo da invisibilidade. Também foi  a base de um filme de 1933, estrelado por Claude Rains, que foi inclusive selecionado para preservação pela Biblioteca do Congresso americano.

O Homem Invisível começará a ser rodado na Austrália no final do mês, tem no elenco Elisabeth Moss, Aldis Hodge, Harriet Dyer e Storm Reid . O lançamento está previsto para março de 2020.

 

 style
 style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *