fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Liam Neeson, Micheál Richardson, e outros pais e filhos do cinema

Pela primeira vez, Liam Neeson vai contracenar com seu filho Micheál Richardson (a mãe era a falecida Natasha Richardson) no cinema. O rapaz de 25 anos já fez algumas pequenas participações no cinema, e esteve na série Big Dogs. Agora ele e Liam Neeson estarão juntos no filme Made in Italy como … pai e filho. Nele, Robert (Liam Neeson) é um artista boêmio de Londres que retorna à Itália com seu filho distante Jack (Micheál Richardson) para fazer uma venda rápida da casa que eles herdaram da sua falecida esposa. A estreia está prometida para agosto, mas nesses tempos, é esperar para ver. Pelo trailer, parece bem simpática.

https://www.youtube.com/watch?v=tkHRsPbqwK4

Mas Hollywood têm vários bons filmes onde pais e filhos contracenam. Não, não vou mencionar Will Smith e Jaden Smith em Depois da Terra. Estamos falando de bons filmes, rs. Veja aqui alguns exemplos:

Natasha Richardson e Vanessa Redgrave

A mãe de Micheál, Natasha Richardson, já tinha feito isso com sua mãe, a premiada Vanessa Redgrave. O filme era Ao Entardecer, de 2007. Elas faziam mãe e filha. Em seu leito de morte, Ann Grant (Vanessa) têm recordações do seu verdadeiro amor, Harris Arden (Patrick Wilson). Quando era jovem, Ann ( Claire Danes) viveu um curto romance com Harris, que conheceu no casamento de sua melhor amiga. Mas o namoro acabou quando ele terminou tudo para se casar com outra mulher. Enquanto Ann revive memórias de seu passado, suas filhas (Natasha e Toni Colette) tentam lidar com a doença terminal da mãe.

Mamie Gummer e Meryl Streep

Nesse mesmo filme, Mamie Gummer e sua mãe Meryl Streep também estavam no elenco. A diferença é que Mamie fazia o papel de Meryl mais jovem. Só que esse não foi o único. Recentemente, Mamie e Meryl foram mãe e filha em Ricki and the Flash: De Volta para Casa, disponível em video on demand – Apple TV e Google Play.

Martin Sheen, Charlie Sheen e Emilio Estevez

Martin Sheen fez vários filmes contracenando com os dois filhos famosos. Com Emilio, destacam-se os dois filmes dirigidos pelo filho,  O Caminho e Bobby. Já com Charlie, eles foram pai e filho num dos filmes mais importantes da carreira dele,  Wall Street: Poder e Cobiça, disponível na Apple TV, Google Play e Microsoft.

Kirk Douglas, Michael e Cameron Douglas

Pai, filho e neto, Kirk, Michael e Cameron Douglas fizeram um filme juntos, que ainda tinha a mãe de Michael ( e ex de Kirk), Diana Douglas. O título é Acontece nas Melhores Famílias, e foi feito em 2003. A história envolve três gerações de uma bem sucedida família de Nova Iorque, cada um tem de lidar com um problema diferente, sendo destacada as dificuldades da relação de pai e filho. Na história bem próxima à vida real, Kirk é Gromberg Mitchell, que tenta lidar com problemas de saúde resultantes de um acidente vascular cerebral. Seu filho, Alex (Michael), trabalha como advogado na empresa que seu pai fundou, mas é questionado sobre a utilidade do seu trabalho e o seu lugar na família. Já o filho de Alex, Asher (Cameron) é um adolescente rebelde, não leva os estudos a sério e tenta preencher sua vida com sexo, drogas e rock’n’roll.

Donald Sutherland e Kiefer Sutherland

Donald e Kiefer apareceram recentemente juntos no faroeste de 2016, O retorno de John Henry (disponível na Looke). Na história, Kiefer é um pistoleiro que abandona sua vida de assassinatos e volta para casa quando descobre que sua mãe morreu. Ele é forçado a confrontar seu distante pai (Donald) e a vida que deixou para trás. Os dois já tinham feito parte do mesmo filme, Tempo de Matar (disponível na Amazon), mas não tinham cenas juntos.

Kate Hudson e Kurt Russell

Eles não são pai e filha de sangue. Mas Kurt Russell é reconhecido por Kate Hudson como pai já que a cria desde que ela tinha quatro anos, quando se casou com a mãe dela, Goldie Hawn. Os dois fizeram juntos Horizonte Profundo: Desastre no Golfo – disponível na Netflix e no Telecine. Baseado em uma história real, sobre um dos piores vazamentos de petróleo na história dos EUA, onde os trabalhadores embarcados lutam para escapar com vida do terrível acidente. A cena final entre Kate e Kurt é emocionante.

Brendan Gleeson e Domhnall Gleeson

Brendan Gleeson já fazia parte do universo de Harry Potter como Alastor “Mad-Eye” Moody. Só que no momento em que estavam buscando um ator ruivo para o papel do irmão de Ron Weasley, Bill, ele sugeriu seu filho, Domhnall. Ele conseguiu o papel e apareceu nos dois últimos filmes da saga: Harry Potter e as relíquias da morte Partes 1 e 2 (disponíveis na Netflix e no Telecine). Os dois até tiveram uma cena juntos.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

Acredito que todos esses eventos da Temporada de Premiações precisam se reinventar. O politicamente correto acaba se tornando mais importante do que a melhor...

Moda

Normalmente, eu acho que é no SAG Awards que as atrizes estão mais elegantes. Não foi diferente dessa vez. Claro, há sempre os “erros...

Streaming

Eu tentei ver o primeiro episódio de Glamorous, que está na Netflix, mas achei tudo muito chato. Assim, desisti. Mas o meu amigo José...

Premiações

Neste sábado, dia 24, vai acontecer o SAG Awards 2024. Para quem não sabe, o SAG Awards é o prêmio do Sindicato dos Atores,...

Cinema

Antes da pandemia, em 2019, todo mundo estava falando sobre um “jogo” chamado Baleia Azul. Ele era um conjunto de 50 desafios diários e...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Eu gosto dos filmes de monstros de filmes como Godzilla, Godzilla vs Kong e outros do gênero. Me divirto mesmo quando eles são ruins...

Streaming

Estou atualmente acompanhando  a série Monarch: Legado de Monstros, da Apple TV Plus. E acho muito legal a ideia de pais e filhos que...

Streaming

Uma vez, quando trabalhava na Columbia Pictures, hoje Sony, tive a oportunidade de ir à pré-estreia de Godzilla – aquele dos anos 90 com...

Cinema

Confesso que não sou a maior fã de Jogos Vorazes. Acho que os filmes têm um problema grave de casting  – com Josh Hutcherson...

Streaming

Já escrevi aqui sobre a primeira e a segunda temporadas de Only Murders in the Building. Em ambos os casos, disse que era uma...

Cinema

Você provavelmente já viu um filme com a mesma história. Ela já foi contada no filme espanhol O Desconhecido (2015), no alemão Direção Explosiva...

Streaming

Only Murders in the Building é a melhor série de comédia que já assisti na vida. Simples assim! Tem um roteiro inteligente, divertido, os...

Streaming

Desde que estreou diretamente no streaming por aqui, penso em ver Anônimo (disponível na Globoplay). O filme foi muito falado na época de seu...