fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Estreia nos cinemas o novo filme de Mike Leigh, Mais um Ano

O diretor Mike Leigh faz um cinema sobre a vida de pessoas simples. Na maioria das vezes, não tem grandes bilheterias. O mais conhecido para o grande público talvez seja o drama Segredos e Mentiras,  de  1996. Nele, Marianne Jean Baptiste, uma mulher negra bem sucedida, descobre que sua verdadeira mãe é uma dona de casa branca( Brenda Blethyn, sensacional) que não admite a possibilidade dela ser sua filha… a princípio. Era um belo filme. Agora, o diretor está de volta com Mais um Ano. Veja abaixo a análise do filme,que estreou este fim de semana nos cinemas, feita por Edu Fernandes:

Mais um Ano ganha autenticidade com personagens falhos

Ninguém é perfeito, tanto na vida real como alguns personagens fictícios. É com figuras desse tipo que Mike Leigh (Simplesmente Feliz) conta o passar das quatro estações na vida de um grupo de amigos maduros em Mais um Ano.

O núcleo social é formado pelo casal Gerri (Ruth Sheen, de Maratona do Amor) e Tom (Jim Broadbent, de A Viagem) e é em torno deles que os demais personagens transitam. A dupla é o que de mais perfeitinho se tem no roteiro, as outras pessoas é que são mais complicadas.

Mary (Lesley Manville, de Malévola) é colega de trabalho de Gerri e tem uma queda por Joe (Oliver Maltman, de Mundo sem Fim), filho dos protagonistas. Por sua vez, o rapaz finge que não percebe as sutis investidas da mulher de meia-idade. Mais adiante, surge Ken (Peter Wight, de Amor Impossível), um glutão e beberrão sem bons modos que é amigo de Tom. Ele sente uma atração por Mary, que rechaça os avanços dele.

As cores fortes com que as personalidades são pintadas ajudam a identificar as motivações e relacionar o que se passa na tela com pessoas conhecidas do espectador. Assim, o encontro da perfeição de Gerri e o marido com as falhas de caráter dos personagens ao redor forma um balanço ideal, com um filme autêntico sem passar o limite do irritante. Antes de terminar, um aviso: além dos exemplos citados, há outras pessoas que entram na trama com suas peculiaridades conforme se passam as estações.

O diretor e o elenco quando apresentaram o filme no Festival de Cannes

 

2 Comentários

2 Comments

  1. Lando Rebouças

    4 de junho de 2015 às 7:24 pm

    Post sem data de postagem ? Quando esse filme estreou?

    • Eliane

      5 de junho de 2015 às 12:07 am

      O texto é de 29 de agosto de 2014, Lando Rebouças. Quando você entra diretamente nele pelo google, por exemplo, realmente a data não aparece. Obrigada pela dica para mudar os próximos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Filmes sobre adultos que tem que voltar para o colégio por alguma razão são sempre divertidos. 17 Outra vez, Sexta-feira muito louca, Billy Madison,...

Streaming

Você provavelmente já deve ter visto em alguma Sessão da Tarde da vida o filme romântico Te Amarei para Sempre. Ele é de 2009...

Moda

Os prêmios de música geralmente não primam pela elegância em seu tapete vermelho, rs. O objetivo é ser relevante, diferente, moderna, e lançar tendência....

Streaming

Quem me acompanha por aqui sabe que adoro musicais. Sempre que tenho a oportunidade também gosto de assisti-los no teatro, seja aqui ou no...

Séries

Ontem (12) foi aquela decapitação total entre as séries da CW. Mas também tem notícias boas, especialmente para aqueles que sentem falta de Supernatural....

Você também pode gostar de ler

Séries

A série de livros de fantasia épica As Crônicas de Gelo e Fogo, escrita por George R. R. Martin, já era um grande sucesso...

Séries

Não existe nada, em minha opinião, entre as séries de TV, melhor do que Game of Thrones. Simples assim. História, personagens, produção, efeitos especiais,...

Séries

Eu adoro a história de Guerra e Paz. Li o livro, vi o filme clássico estrelado por Audrey Hepburn e Henry Fonda várias vezes....

Cinema

Sou fã de Bridget Jones. O primeiro filme. O segundo é bem fraco, toda aquela história na Tailândia é absurda. Mas de qualquer forma,...