fbpx

Esses fofos e adoráveis Podres de Ricos…

Já faz um tempinho que filme românticos e fofos tipo Sessão da Tarde têm dado muito certo na Netflix. Alguns exemplos são O Príncipe do Natal (que vai ganhar uma sequência), Sierra Burgess é uma Loser, Para Todos os Garotos que Já Amei, e mesmo A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata. Mas, no cinema fazia algum tempo que não acontecia um enorme sucesso de bilheteria do gênero. Isso mudou, pelo menos nos Estados Unidos, com Podres de Ricos, que estreia essa semana por aqui. Por lá, ele faturou mais de 172 milhões de dólares. Ficou em primeiro lugar nas bilheterias por quatro semanas, e só o perdeu o lugar com a estreia de A Freira!

Mas a surpresa não pára por aí. O elenco, que é totalmente de origem asiática, conta a história de um casal que vive nos Estados Unidos, e está muito apaixonado. Tanto que Nick (Henry Golding, de Um Pequeno Favor) convida Rachel (Constance Wu) para acompanhá-lo ao casamento de um primo em Singapura. Só que o que Rachel não sabia era que a família dele era … podre de rica, dona de um verdadeiro império local. E, é claro, que, ao chegar lá, ela vai sofrer na mão de garotas invejosas,  uma ex-namorada. Isso sem contar a mãe dele, que quer que seu filhinho volte a viver debaixo de sua saia. Sua única amiga é uma divertida ex-colega de faculdade, Peik Lin (Awkwafina, de 8 Mulheres e um Segredo) que agora está morando no país.

A história parece um conto de Cinderela, com a moça pobre que se apaixona pelo príncipe. Tem também uma espécie de fada madrinha, na pele de um primo gay. A madrasta da vez é a futura sogra, com uma língua afiada e um comportamento altivo. Ela é vivida pela sempre ótima Michelle Yeoh, estrela de tantos outros filmes, inclusive O Tigre e o Dragão. Está o máximo! Já a prima boazinha é a fofa Gemma Chan, que eu tive a oportunidade de entrevistar na época da série Humans

Mas o que mais chama a atenção é a opulência dos super-ricos asiáticos. Locações, roupas, maquiagem, tudo é super-mega espetacular, chegando até a chocar pela grandiosidade.  Repare na festa da despedida de solteiro, ou ainda no cenário do casamento, só para citar dois exemplos. Só que no final, o que conta mesmo é a historinha fofa, que vai conquistar toda a garota romântica que existe dentro de cada um de nós. Foi uma agradável e bem-vinda surpresa em tempo de tanto ódio incontido que está pairando por ar. Valeu!

Ah, e não saia correndo do cinema. Tem uma cena no meio dos créditos, com uma aparição de uma cara conhecida para quem curte séries – #semspoilers. E também é uma introdução à sequência, que depois desse sucesso todo com certeza virá. Especialmente porque a história de Podres de Ricos é baseada em uma trilogia de livros de autoria de Kevin Kwan. O segundo livro se chama China Rich Girlfriend (ainda não disponível em português). Ele conta o que acontece durante o noivado do casal e quando Rachel conhece seu pai. Já quero ver!

Todas as fotos são de divulgação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *