fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

E a saga de Halloween termina com Halloween Ends

Ok, para quem acompanha a história de Laurie (Jamie Lee Curtis) há mais de 40 anos, foi um grande momento de fechamento. Halloween Ends faz parte da segunda fase de filmes de Halloween. A franquia teve um enorme sucesso lá nos anos 70, mas depois se perdeu em diversas sequências e spinoff’s que não funcionavam. Foi então que David Gordon Green revolucionou tudo em 2018 com o novo Halloween (veja a crítica aqui). Foi como se nada tivesse existido após o Halloween de 1978. E o filme foi um enorme sucesso, rendendo mais de 400 milhões de dólares no mundo. Logo veio a sequência, Halloween Kills (crítica aqui), e agora Halloween Ends, que estreia nessa quinta nos cinemas (mas já teve pré-estreias pagas).

Quatro anos se passaram desde o evento de Kills.  Laurie agora vive com sua neta Allyson e está terminando seu livro de memórias. Michael Myers nunca mais foi visto. Parece que Laurie finalmente decidiu se libertar do medo e da raiva e se voltar para a vida. Mas tudo muda quando um jovem, Corey Cunningham (Rohan Campbell, o Lonergan de Virgin River), é acusado de ter assassinado um menino de quem cuidava. E uma onda de terror e violência volta a pairar sobre a cidade. Mas dessa vez, Laurie terá de lidar com Myers e acabar com ele de uma vez por todas.

O que achei do filme?

Halloween Ends sofre do mesmo problema que Halloween Kills. Laurie e Michael Myers não são as figuras centrais. O personagem principal aqui é Corey Cunningham. O filme até proporciona uma introdução brilhante para o filme, que relembra os grandes momentos de suspense e tensão do passado. Se aquele garotinho não fosse tão mal… Rsrs! Mas é que o filme pretende mostrar como o mal pode se infiltrar na mente das pessoas. E ainda como o preconceito e o bullying podem ser determinantes para isso. Até aí tudo bem…

Entretanto o filme padece do problema que este passa a ser o assunto principal. E ainda arrumam um romance que não convence… Com isso, Laurie e Michael Myers passam a ser coadjuvantes. É somente a partir da meia hora final que a coisa entra nos eixos. Entretanto para quem busca cenas sanguinolentas, ou gore, Halloween Ends tem um monte delas. Algumas até vão fazer você deixar de olhar para a tela.

E no final, a grande verdade é que essa franquia é especial por causa de Jamie Lee Curtis. Ela é sempre ótima! E eu adorei as cenas de paquera entre ela e o outro sobrevivente de Myers, Hawkins, vivido por Will Patton. Agora, será que esse é o final de Michael Myers? O filme deixa tudo bem amarradinho quanto a isso. Entretanto como a própria Laurie diz: “O mal nunca morre. Ele só muda de forma”. E a gente sabe bem disso…

 

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Cinema

As comédias românticas encontraram uma casa – e um público fiel – no streaming . Por isso, é interessante – e uma bem-vinda surpresa ...

Cinema

Já começo avisando que Maxxxine é a parte final de uma trilogia. Apesar de ter sido filmado em ordem diferente, cronologicamente ele começa com Pearl(...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Eu adoro o Halloween, e fico feliz que essa tradição americana chegou ao Brasil. Há vários filmes que se passam durante o Halloween (inclusive...

Streaming

Dia das Mães tem que ter listinha de filmes sobre o tema para ver com a mãe, certo? Então aqui tem seis que eu...

Moda

Houve um momento no red carpet do Oscar que pensei que estávamos em 31 de dezembro. Isso porque parecia que todo mundo havia tido...

Premiações

Como todo mundo esperava, Tudo em Todo Lugar ao mesmo Tempo foi o grande vencedor do Oscar 2023. Foram sete prêmios: filme, direção, atriz,...

Premiações

Já faz tempo que eu e o Oscar não concordamos em muita coisa, rsrs. E esse ano, percebi que a coisa ia ser bem...

Premiações

Tudo parecia resolvido na categoria de atriz coadjuvante. Angela Bassett vinha ganhando todas por sua atuação como a rainha de Wakanda em Pantera Negra:...

Moda

O Spirit Awards é sempre o prêmio mais despojado da Temporada de Premiações. Mas nem por isso, as atrizes deixam de se produzir com...

Premiações

A gente teve várias surpresas com alguns resultados do SAG Awards 2023. Jessica Chastain e Sam Elliott, por exemplo. Mas o Sindicato dos Atores...