fbpx

Confirmado! Nós veremos a versão de Zack Snyder de Liga da Justiça

As pessoas falaram muito mal de Liga da Justiça quando foi lançado. Pessoalmente, eu gosto (veja a crítica da época do lançamento nos cinemas). Mas virou uma tendência dizer que o filme era um desastre. A grande desculpa é que a versão de Zack Snyder, que tinha mais de três horas de duração, seria muito melhor do que a finalizada por Joss Whedon que vimos no cinema. Bem, para resolver essa dúvida, foi anunciado hoje(20), que a visão de Zack Snyder finalmente verá a luz do dia. Ela fará parte da programação do site de streaming da Warner, que terá o nome de HBO Max, em 2021. A novidade foi anunciada no Twitter.

A história

Até hoje não se sabe ao certo o quanto Joss Whedon modificou o trabalho inicialmente planejado por Zack Snyder. Para quem não conhece a história, Snyder havia completado a maior parte do filme, quando teve uma tragédia familiar. Sua filha se suicidou e ele se afastou do filme. Foi chamado então o super Joss Whedon, que entende desse universo de super-heróis como ninguém, para terminar o trabalho. Na mão de Joss vários atores programados para aparecer não estão no produto final – Robin Wright, Willem Dafoe e Kiersey Clemons (Iris West) são os exemplos mais gritantes. Além disso, ele dispensou Junkie XL e trouxe o veterano Danny Elfman para fazer a trilha sonora. Teve ainda que lidar com o problema do bigode de Henry Cavill, que estava filmando o novo Missão Impossível, e que teve que ser apagado digitalmente (em determinada cena a boca dele está realmente estranha).

Algumas fontes dizem que, na verdade, Joss só filmou de 15 a 20 % do que é visto na tela, mas ninguém diz o quanto ele cortou. O certo é que os estilos de Snyder e Whedon são bem diferentes, e muitos fãs acreditam que a visão de Snyder seria muito mais dark.  O filme  da DC custou 300 milhões de dólares e rendeu somente 650, o que sob os padrões da indústria é considerado um fracasso. Especialmente quando você compara com os resultados dos Vingadores, da Marvel. Isso inclusive fez com que a DC revisse todo o seu plano de universo cinematográfico. Ben Affleck não será mais Batman – Robert Pattinson assumiu o posto. E ainda não se sabe qual será o caminho de futuros filmes do Superman e de The Flash.  Só Mulher Maravilha e Aquaman escaparam incólumes, e asseguraram suas sequências.

#ReleasetheSnyderCut

Paralelamente a isso, a hashtag #ReleaseTheSnyderCut (libere a versão de Snyder) mostrou ser um exemplo de como os fãs podem afetar a decisão de um estúdio. Tanto que em novembro de 2019, a própria Mulher Maravilha Gal Gadot entrou na história tuitando seu apoio. Logo ela foi seguida por Ben Affleck e pelo próprio Zack Snyder, o que levou os fãs à loucura. O último foi o próprio Aquaman, Jason Momoa, esse provavelmente  já como parte do marketing de lançamento da nova versão.

Nos Estados Unidos, o serviço HBO Max será lançado em 27 de maio. Ainda não foi anunciada a data para o Brasil.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *