fbpx

A tensão constante de O Homem nas Trevas

 data-srcset

É bom você estar preparado quando for assistir O Homem nas Trevas, uma das estreias da semana nos cinemas. Porque o filme é realmente tenso! Ele foi um enorme sucesso nas bilheterias americanas, liderando por duas semanas seguidas, com vários pesos pesados na concorrência. Para se ter uma ideia, só no fim de semana de estreia, o filme já rendeu mais de duas vezes e meia o custo de sua produção. É claro que é um filme barato, praticamente com uma única locação na maior parte do tempo, mas o clima de suspense é contínuo e vai deixar você dolorido de tensão no final da sessão.

Três jovens que vivem na falida cidade de Detroit fazem pequenos roubos em residências, facilitados pelo fato de que o pai de um deles trabalha na empresa de segurança. Só que um belo dia Rocky, Alex e Money resolvem tentar um roubo que parece aparentemente fácil. Numa área cheia de casas abandonadas, mora um veterano de guerra cego, que recebeu uma bela quantia em dinheiro como indenização pela morte acidental de sua filha. Roubá-lo poderá resolver os problemas de dinheiro deles e tirá-los da cidade.  Mas as coisas não saem tão fáceis como pareciam, e eles acabam descobrindo coisas dentro da casa que jamais poderiam supor.

Antes de dirigir este filme, do qual também é roteirista, o diretor uruguaio Fede Alvarez havia dirigido o remake de A Noite do Demônio, um clássico do cinema de terror. Diz a lenda que depois de uma refilmagem tão cheia de sangue, ele teria optado por um filme menor, com pouco sangue, mas muito suspense, numa história original. Eu tive a oportunidade de conversar com Fede por Skype, e ele deixou bem claro que é fã dos filmes de Hitchcock e que gosta de um bom suspense. Stephen Lang, veterano de filmes (Avatar) e séries (Terranova, Into the Badlands) está simplesmente assustador como o veterano cheio de segredos. E para quem acompanhava a série Suburgatory, ver a atuação da atriz Jane Levy (Rocky) será uma grande surpresa.

Resultado de imagem para don't breathe

Resultado de imagem para don't breathe

As idas e vindas, sempre com muita violência, sem heróis e algumas reviravoltas da história no meio do caminho garantem um frescor à história. É diferente da maioria, e deixa uma porta aberta para uma possível sequência. E com esses números de bilheteria, ela provavelmente não irá tardar…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *