fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A homenagem ao grande ídolo da comédia

É bem provável que hoje em dia a maioria das pessoas não tenha a menor ideia de quem foi Cantinflas. Ícone maior do cinema mexicano, Cantinflas foi um personagem criado por Mario Moreno, um homem inteligente com uma capacidade ímpar de vender a sua criação.  Eu mesma pouco conhecia sobre sua fase inicial, como começou sua carreira de comediante e principalmente como criou o personagem. Interessante, histórico, ele principalmente dá uma visão de quem foi essa incrível figura e sua importância na cultura cinematográfica de um país no filme Cantinflas: A Magia da Comédia. Ele é o representante do México em busca de uma indicação ao Oscar de filme estrangeiro e estreia este fim de semana nos cinemas brasileiros.

Tudo começa no final dos anos 50, quando o produtor Mike Todd (Michael Imperioli) tentava viabilizar sua produção A Volta ao Mundo em 80 Dias, que viria a ser o filme vencedor do Oscar. A forma com a qual ele tenta convencer seus investidores é contratando o maior astro do México, Cantinflas. A partir daí, a ideia é que ele consiga convencer todos os outros grandes atores necessários para transformar o filme “na maior produção já vista”. Paralelamente, somos apresentados ao início da carreira de Moreno e como ele chegou a ser o grande astro necessário para Todd fazer seu filme.

Oscar Jaenada como Cantinflas

 

A estrutura do filme lembra as biografias de antigamente dos estúdios americanos. Bem feitinho, com boa reconstituição de época, tem uma forma interessante de olhar o personagem. Sua força criativa, como aprendeu a usar seu talento. Não espere algo muito diferente. Mas é, sem dúvida, uma bela e merecida homenagem.

O verdadeiro Cantinflas

No papel principal, numa incrível interpretação, está o ator espanhol Oscar Jaenada. Incrível a semelhança com os trejeitos, voz e expressão corporal de Cantinflas. Talvez você não ache que as passagens com o ator sejam realmente engraçadas, mas creio que esse não é o objetivo do diretor, Sebastian Del Amo. Afinal, Cantinflas foi um só. Assim como Chaplin, Oscarito e Renato Aragão, que são únicos, Cantinflas era dono de um estilo todo próprio, que hoje pode até parecer ultrapassado. Mas ainda assim inesquecível! Vale conhecer.

Eliane Munhoz

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Semana passada, eu tirei uma noite para ver dois filmes no MAX que tinham duas atrizes que eu gosto. O primeiro é Am I...

Streaming

A primeira temporada de Feud – disponível no Star Plus – foi sensacional. A história da relação entre as estrelas Bette Davis e Joan...

Streaming

Nessa quinta, o mundo perdeu Donald Sutherland. Era um grande vilão (ficou famoso para toda uma nova geração com Jogos Vorazes. Mas sabia ser...

Streaming

O inverno está começando, mas na maioria do país nem parece. Então, se você , como eu, também sente falta do frio, e não...

Cinema

Eu sei que a maioria adora Divertidamente, animação da Pixar  que ganhou o Oscar de melhor animação em 2015. Eu gosto, mas não amo....

Você também pode gostar de ler

Séries

Têm uns filmes que a gente não cansa de ver e rever. Cada vez que estou zapeando na TV, e vejo alguns como Uma...