fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A assustadora e interessante Última Viagem de Demeter

A gente já viu um monte de filmes sobre a história do Conde Drácula. Desde os melhores, como Drácula de Bram Stoker, até alguns bem esquecíveis, como Billy the Kid vs Drácula, de 1966. Mas, pelo menos que eu me lembre, a viagem de Drácula para Londres num navio nunca teve grande exposição nos filmes.  Mesmo no livro de Bram Stoker, a viagem dura apenas um capítulo. Agora, o filme Drácula: A Última Viagem de Demeter, que estreia nessa quinta nos cinemas, pretende suprir essa falha. E o faz muito bem, com um dos filmes de terror mais visualmente interessantes que vi em tempos recentes.

A história acompanha a viagem do navio Deméter, que foi fretado para transportar cargas particulares. Entre elas, várias caixas que assustam vários dos moradores locais. Um jovem médico (Corey Hawkins, de 24 – Legacy), que deseja retornar a Londres a qualquer custo, embarca na viagem de última hora. Só que logo que a jornada começa, estranhos eventos acontecem à tripulação. Estes tentam sobreviver à viagem oceânica, perseguidos todas as noites por uma presença impiedosa a bordo do navio. Quando o Deméter finalmente chega à costa, é apenas um navio carbonizado e abandonado. Não há vestígios da tripulação. Os acontecimentos são contado em flashback tendo como base o diário do capitão (Liam Cunnigham, de Game of Thrones).

O que achei?

É claro que quando a história começa, você já sabe praticamente tudo de como ela vai terminar. Mas o roteiro e a direção  de André Øvredal, conseguem manipular a audiência para que isso não seja um problema. E faz isso com muito clima, estilo, e alguns momentos assustadores. Sempre acho que as sombras e a escuridão podem assustar bem mais do que algo muito sanguinolento e nojento. Não que Demeter não tenha essas cenas, mas elas são consequências da ameaça da escuridão.

O jogo de gato e rato entre Drácula e a tripulação do Demeter lembra em alguns momentos o clássico Alien- O 8º Passageiro. Todos se sentem acuados. E o diretor ainda faz escolhas realmente audaciosas sobre como alguns são mortos – muitos bem inesperados  (#semspoilers). Há uma tensão constante, e assistir no cinema, na escuridão, ainda deixa a experiência ainda mais imersiva.

Já aviso, entretanto, que quando Drácula aparece, ele está em sua forma mais grotesca e demoníaca. E, como já é moda, o final deixa a porta escancarada para uma sequência. Entretanto, o filme não conquistou o público norte-americano, e foi um grande fracasso por lá. Isso provavelmente é mais um aviso para a Universal que seus mostros clássicos não atraem mais a maioria do público (nem quando tem Tom Cruise, como foi o caso de A Múmia). Uma pena, já que achei que Drácula: A última viagem de Deméter foi um dos filmes de terror mais interessantes que vi nos últimos tempos.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

Neste sábado, dia 24, vai acontecer o SAG Awards 2024. Para quem não sabe, o SAG Awards é o prêmio do Sindicato dos Atores,...

Cinema

Antes da pandemia, em 2019, todo mundo estava falando sobre um “jogo” chamado Baleia Azul. Ele era um conjunto de 50 desafios diários e...

Cinema

Não tenho grande conhecimento sobre animações japonesas. Nem mesmo as super elogiadas do Studio Ghibli e o diretor premiado Hayao Miyazaki. E confesso que...

Cinema

Michael Mann é um aficionado por corrida de carros. Já tinha produzido o ótimo Ford vs Ferrari ( disponível no Star Plus) . E...

Streaming

Eu tinha muita vontade de gostar da 4ª temporada de True Detective, com o subtítulo de Terra Noturna. Com Jodie Foster no papel principal,...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Talvez em algum momento você tenha ouvido falar do Quibi. Foi um serviço de streaming, que funcionava somente no celular. Todo o conteúdo era...

Streaming

Muita gente me pergunta onde assistir filmes clássicos. E reclamam como eles são difíceis de achar na Netflix, Prime Video, etc. Pois eu achei...

Cinema

Eu adoro essa maneira como Nicolas Cage se reinventou – e decidiu que não vai mais se levar a sério. Rsrsrs. Primeiro foi com...

Streaming

Macbeth é provavelmente a peça mais difícil de ver escrita por William Shakespeare. Não é à toa que é chamada de amaldiçoada. Ela lida...

Séries

As histórias de Drácula tem um apelo que não diminui ao longo dos anos. Recentemente, a série do Drácula da Netflix foi um sucesso...

Séries

Eu sou fã de filmes (e séries) de vampiros. Estava assistindo a série de Ian Somerhalder, Apocalipse V, que interrompi para ver a nova...

Séries

Semana passada Julianna Margulies voltou às manchetes por causa de uma declaração em uma rádio americana. Ela dizia que teria um grande interesse de...

Séries

Ainda faltam 45 dias para a estreia da última temporada – composta de somente seis episódios – de Game of Thrones estrear. Mas, hoje,...