fbpx

O início do ano cheio para Dwayne Johnson

Dwayne Johnson realmente é um cara ocupado com tantas produções para o cinema  – são 12 listadas no site IMDB até 2019 –  e ainda a série Ballers, da HBO. Mas o início de 2018 vai, com certeza ser especial para o ator. Isso porque ele tem dois filmes, ou melhor duas super-produções, estreando nos primeiros quatro meses do ano. São elas a continuação/reboot de Jumanji, já na primeira semana de janeiro, e Rampage: A Fúria dos Monstros em 19 de abril. É bom que as duas produções sejam bem-sucedidas, já que seu filme anterior, Baywatch, foi um dos grandes fracassos do ano (eu acho o filme divertido), e a briga pública em redes sociais com Tyreese Gibson, sobre a saída de Dwayne da franquia Velozes & Furiosos para estrelar um filme solo de seu personagem, Hobbs, desgastaram um pouco sua imagem sempre positiva.

Resultado de imagem para dwayne johnson smile gif

 

Mexer com um clássico é sempre um movimento perigoso. Pode dar muito certo, mas também pode fracassar monumentalmente. E a decisão de um novo Jumanji é um movimento do risco. Dwayne inclusive chegou a dizer que haveria uma homenagem a Robin Williams no filme. Mas a premissa do novo Jumanji, que tem o sub-título de Bem-vindo à Selva, é interessante por ser justamente diferente do primeiro. Aqui, quatro adolescentes descobrem um velho console de video game, e acabam sendo sugados para dentro do jogo mas na forma dos avatares que escolheram.  O trailer me deixou com vontade de assisti-lo. Veja só:

O trailer de seu outro filme, Rampage: A Fúria dos Monstros, que foi lançado ontem, também é cheio de efeitos visuais de ultima geração. É baseado num famoso videogame, sobre animais que atacam as cidades. O bom desse filme é que além de Dwayne, que já foi eleito o homem mais sexy do mundo pela revista People, tem a presença de Joe Manganiello e Jeffrey Dean Morgan (já estou na fila para ver).

Atualmente, Dwayne está filmando Skyscraper, um filme de ação passado na China, com Neve Campbell no elenco. Ele está programado para ser lançado em julho nos Estados Unidos. Ou seja, o terceiro filme dele em 7 meses. Trabalhador, não?

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *