fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Uma visão simpática de Deixe a Neve Cair

Na época de seu lançamento, eu assisti Deixe a Neve Cair na Netflix. É o tipo de filme que gosto. Várias histórias de amor se cruzam num determinado momento. Só que acabei não gostando do filme. Achei que as histórias eram pouco interessantes, os personagens meio bobos. Nem escrevi a crítica aqui no Blog. Só que agora, meu amigo José Augusto Paulo viu, e pediu para escrever sobre ele, porque tinha gostado do filme. Então, aí vai uma visão mais simpática do que a minha (rs).

Deixe a Neve Cair

Deixe a Neve Cair é baseado no livro de John Green, Maureen Johnson e Laura Myracle do mesmo nome. Mas se desvia um pouco nas origens e ambiente familiar de alguns personagens. Esse filme me fez lembrar rótulos de garrafas de vinho… Isso porque da mesma forma que o vinho pode ser descrito pelo aroma de framboesas, ou de frutas do bosque, esse filme tem o aroma de Idas e Vindas do Amor (2010) com o perfume de Simplesmente Amor (2003) para mim. Num dia de nevasca em uma cidade pequena de Illinois (na verdade, Canadá, onde a neve tende a ser mais garantida), acompanhamos três possíveis histórias de amor.

Julie (Isabela Merced, de beleza exótica) é a garota inteligente, com possibilidade de deixar a cidadezinha. Ela tromba com Stuart (Shameik Moore, na vida real conhecido como músico e cantor de talento) cantor e dançarino conhecido, no corredor de um trem.  Tobin (Mitchell Hope) garoto um pouco tímido vai com Angie (Kiernan Shipka, de O Mundo Sombrio de Sabrina) sua amiga de infância a uma festa de JP (o belo modelo Matthew Noszka) um dos atletas da escola local. Dorrie (Liv Hewson) esta fascinada por Kerry (a outra beleza exótica: Anna Akana). Já sua amiga Addie (a também bela Odeya Rush… aliás, ficou dificil encontrar alguem feio nesse filme) está obcecada com o seu namorado do momento que a vive ignorando. E todos eles desenvolvem suas jornadas até que se encontram numa festa de Natal na lanchonete em que Dorrie trabalha

A crítica

Seria uma história como tantas outras. Mas com o pano de fundo da neve muito branca, cria cenas exteriores com excesso de luz, em contraste com os takes internos com matizes em cores pastel escuras. Estes providenciam um aconchego e barram o frio exterior. A atuação é boa, embora Shameik por vezes pareça estar com medo de dizer suas falas. O ritmo  se desenvolve de maneira  rápida, mas nem tanto.

Traz memórias de outros filmes na neve como Fargo, mas achei gostoso de ver, com um estilo otimista sem exageros. Envolve todos em histórias simples e com humor bem pontuado (me fez rir umas vezes, o que eu não esperava). Claro, não é filme para um Oscar, mas também não tem o seu charme. A sequência em que Tobin e Angie cantam The whole of the moon ao som do órgão da igreja tenha algo de profundo, criativo e memorável. Nesses dias em que nos isolamos sem neve, o filme traça uns paralelos interessantes e que nos dá um pouco de esperança.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Viola Davis é uma daquelas atrizes que são uma unanimidade. Todos adoram, todos acham que é uma excelente atriz. E eu me incluo nisso....

Streaming

Eu vejo muitos filmes sobre desastres. Gosto do gênero, e quanto mais impossível melhor. Tipo Terremoto: A Falha de San Andreas, ou o clássico...

Séries

A coisa está pesada nas filmagens de Justified: City Primeval, a sequência de Justified (6 temporadas disponíveis na Globoplay). Um pessoa não identificada jogou...

Cinema

A gente já viu um monte de filmes sobre pessoas sendo perseguidas por feras em um ambiente hostil. O ótimo Predador: A Caçada é...

Streaming

Eva Longoria ficou conhecida de todo o público como Gabrielle de Desperate Housewives. A série durou de 2004 a 2012, e hoje todas as...

Você também pode gostar de ler

Cinema

A Sony tem tido altos e baixos com seus filmes do universo do Homem-Aranha. Sim, Homem-Aranha: Sem Volta para Casa foi um sucesso fenomenal...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Streaming

A história de O Pai da Noiva já rendeu dois ótimos filmes. O primeiro é de 1950, com Spencer Tracy, e o título de...

Streaming

Outro dia, em busca de um filme leve e romântico, achei De Encontro com o Amor na Amazon Prime. É antigo, de 2005. Tem...

Cinema

Tem muita gente que eu conheço que odeia terror. Eu gosto muito. Mas, quando já se viu tantos filmes do gênero como é o...

Cinema

Houve um tempo em que Jennifer Lopez teve uma fase de comédias românticas. São dessa época Encontro de Amor (minha favorita), e O Casamento...

Cinema

Sou fã dos livros de Agatha Christie, especialmente aqueles com o detetive Hercule Poirot. Sempre gostei de sua ironia, da perceber a forma como...

Cinema

Em 2019, Turma da Mônica -Laços foi um grande sucesso. Trouxe o universo de Maurício de Sousa para o mundo do live action com...