fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Para se preparar para o fim de Dark!

No próximo dia 27 de junho, uma data que tem tudo a ver para quem acompanha a série, vai chegar na Netflix a terceira e última temporada de Dark. Já faz tempo que eu me programava para ver série alemã, que é um dos grandes sucessos do streaming, mas sempre aparecia algo mais urgente na frente. Com a aproximação da estreia da temporada final, eu resolvi que não dava mais para esperar. Sinceramente, acabou sendo uma boa opção ver as duas primeiras temporadas juntas – um total de 18 episódios no total. Com sua trama intrincada e um monte de personagens, foi positivo ter tudo fresco na memória. Então se você ainda não viu, fica aqui a dica. É muito boa, mas você tem que ficar bem atento para entender todas as idas e vindas.

1ª temporada

Tudo se passa na cidadezinha pacata de Winden, que sedia uma usina de energia nuclear que, na história, está sendo desativada. Logo, começamos a conhecer as histórias dos habitantes locais que têm um monte de segredos, como o jovem Jonas Kahnwald (Louis Hofmann, bonito e bom ator), que carrega a angústia de não entender o suicídio do pai. Ou sua mãe Hannah, (Maja Schöne) que vive um caso proibido com Ulrich Nielsen (Oliver Masucci). A grande trama que vai incluir viagens no tempo  começa a  se desencadear quando uma criança desaparece, repetindo um fato acontecido no passado.  Conforme a história vai avançando, a trama evolui e o passado, presente e futuro passam a coexistir de forma não necessariamente linear.

A série é muito sombria, desde o tempo constantemente fechado até  os sentimentos e situações às quais os personagens são submetidos. Já aviso que há muitos deles. Acompanhar a trajetória das famílias no início é complicado, por isso fica a minha sugestão de usar a árvore genealógica – essa é #semspoilers, tá?

Li algumas comparações por aí de Dark com Stranger Things. Não acho que são relevantes. Dark é muito mais adulta e complexa. Tem uma trilha sonora incrível que deixa tudo ainda mais tétrico. O desfecho consegue ser simples sem ser óbvio. Cheia de reviravoltas, é difícil não se sentir motivado a devorar a série de uma vez só. E querer saber mais, sobre o que vai acontecer em seguida.

2ª temporada

Se a primeira temporada já tinha deixado você com um nó na cabeça ao seguir as histórias totalmente interligadas através dos tempos, a segunda vai muito mais além. Rs. O final da primeira temporada mostrou Jonas chegando no futuro. O mundo pós-apocalíptico  que ele encontra traz novos perigos. E Jonas descobre uma forma de voltar ao passado após se esgueirar por um túnel e encontrar um grande segredo. Já nos tempos atuais, o desaparecimento de Ulrich e do filho Mikkel, os segredos do misterioso Aleksander e o papel do maquiavélico Noah continuam rendendo vários conflitos. E já aviso, não há uma sequência de “recordação” antes da temporada começar. Ela já se inicia numa sequência direta dos fatos da primeira temporada.

Ou seja, Dark não é uma série para ver se você busca relaxar. Tem que prestar atenção todo o tempo para não ficar perdido. Mas por outro lado é instigante, e vai deixar você querendo adivinhar como essa história terá um fechamento. Quando você assiste a muitas séries como eu, é muito difícil ser surpreendido. Dark fez isso comigo- várias vezes. E ainda me fez conjectar, tecer minhas próprias teorias sobre o final que chega, e principalmente sobre o papel de Adam na história. Foi brilhante!

Mas…

Só como uma piadinha feminina para terminar… Uma indústria de xampus teria sido muito bem-vinda no local,rsrs. Vários personagens têm cabelo gosmento na história, reparou? Rs!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Houve um tempo em que Renny Harlin dirigiu grandes filmes de ação. É o caso de Risco Total e Duro de Matar 2, por...

Streaming

Eu não conhecia o romance Um Cavalheiro em Moscou. Mas me interessei pela adaptação na série do mesmo nome, que estreou ontem (17) no...

Cinema

Filmes de fantasia, que pretendem atingir crianças e adultos, podem acertar no tom, ou não. Várias versões erraram no tom. É o caso de...

Streaming

Bridgerton é uma delícia. Gosto muito das duas primeiras temporadas. A primeira tem cenas bem quentes, a segunda é mais sensual, com um jogo...

Cinema

Admiro muito as canções de Amy Winehouse. E, como sempre, fico triste de ver gente com tanto talento que acaba não conseguindo suportar o...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Provavelmente você já ouviu falar da minissérie inglesa Bebê Rena, que está na Netflix. Muita gente tem me perguntado sobre ela nas redes sociais...

Streaming

Sabe aquela situação em que você acompanha filmes e séries que tem uma certa similaridade? Pois foi o que aconteceu com meu amigo José...

Streaming

Há muito tempo, eu assisti o filme clássico francês O Salário do Medo. Dirigido por Henri Georges Clouzot, tinha Yves Montand no papel principal....

Streaming

Um tipo de história que sempre mexe comigo é a de reencontros com amores do passado. Daquele tipo o que poderia ter sido, mas...

Streaming

Eu estava em busca de um filme curtinho, desses de 1h30. E achei Capitã Nova, uma produção holandesa de ficção-científica, disponível na Netflix. Esses...

Streaming

Na época de minha adolescência, como muita gente mais, eu achava Rob Lowe um dos atores mais lindos da época. O primeiro ano do...

Streaming

Um amigo já tinha me avisado sobre esse filme. Mas eu não me lembrava se ele havia falado se era ruim ou bom, rs....

Séries

Heartland é uma série que é quase uma novelinha, que faz muito sucesso na Netflix. Entretanto, apesar de ter 16 temporadas, somente nove estão...