fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

O romance fofo de Dash e Lily na Netflix

Eu fui uma daquelas que amou Emily em Paris. Sou uma romântica incurável, fazer o quê? Então fiquei super entusiasmada quando vi a sinopse de Dash e Lily. A nova série da Netflix mistura teens, romance, Natal e Nova York. Ou seja, não tinha como dar errado. E muito pelo contrário, deu bem certo. A série me envolveu de tal maneira, que vi tudo de “uma só sentada” – começando às 10 da noite, rsrs. Maratona boa!

A história de Dash e Lily

Dash e Lily é baseada nos livros de sucesso de David Levithan e Rachel Cohn. Aqui no Brasil recebeu o título de O caderninho de desafios de Dash & Lily. Na série de 8 episódios de 25 minutos, tudo começa na época do Natal. Lily (Midori Francis)  é uma garota solitária, que re resolve seguir o conselho de seu irmão. Ela esconde um caderno cheio de desafios numa livraria, esperando conhecer alguém especial. Quem o encontra é o também solitário Dash (Austin Abrams), que topa se envolver no plano. Os dois conversam somente através do caderno, que escondem em diferentes lugares da cidade. Sem se conhecerem pessoalmente, eles descobrem que têm muito mais em comum do que imaginavam.

Os dois primeiros episódios apresentam cada um dos personagens. A família de Lily acaba se dispersando, e ela fica sozinha na época do Natal somente com seu irmão. Já Dash é um solitário, que enganou o pai e a mãe que são separados, para ficar sozinho no período. As histórias vão então se desenvolvendo, a medida que um vai conhecendo melhor o outro.

A crítica

Dash e Lily é uma daquelas comédias românticas “raiz”, com todos os ingredientes para fazer você suspirar e sorrir. Apresenta uma união muito bem feita de elenco, roteiro e direção. Aliás, vários episódios são dirigidos por Fred Savage, o garotinho de A Princesa Prometida e o Kevin de The Wonder Years. Ele se sai muito bem! O espírito de Natal está sempre presente, e Nova York está linda. Mostra um universo de livros, museus, decorações de Natal. Aliás, é bem específica quanto à geografia da cidade. Dá ainda mais saudade de visitá-la.

A série ainda têm várias referências à  cultura pop. Desde Law and Order: SVU até Esqueceram de Mim. Tem até uma participação dos Jonas Brothers. Nick Jonas, que é um dos produtores, ainda tem um papel importante no último episódio. Isso tudo faz com você fique com um sorriso contínuo no rosto enquanto assiste todas as aventuras de Dash e Lily. Ainda mais ao som de uma trilha sonora só com clássicos de Natal!

Austin Abrams faz uma variação daquilo que sempre faz em filmes e séries , como Euphoria e Chemical Hearts (da Amazon). Mas não compromete. Eu confesso que nunca tinha reparado em Midori Frances nas suas várias participações em filmes e séries. Mas ela é uma graça como Lily. De qualquer maneira, os dois  personagens se mostram humanos e, principalmente, complicados. Só que tudo flui de maneira tão perfeita, que dá vontade de ver muito mais.

PS – Para quem leu o livro, há algumas diferenças na série. Personagens ganham maior visibilidade, beijos acontecem, e o fim é ainda mais romântico. Rsrs!

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

A comédia romântica Puppy Love estreou há pouco tempo na Prime Video, e chegou a ser o filme mais visto do serviço. Conta a...

Cinema

Praticamente toda a semana estreia algum filme de terror nos cinemas. E a maioria é bem esquecível. A Semente do Mal , que chegou...

Streaming

Bridgerton é uma daquelas séries que eu separo sempre um dia para maratonar e embarcar totalmente na história. Não foi diferente com a Parte...

Streaming

Você talvez se lembre do filme Acima de Qualquer Suspeita, que Harrison Ford estrelou lá em 1990 (faz tempo!). Ele era baseado no livro...

Cinema

Muita gente deve se lembrar do filme Avassaladoras, com Giovanna Antonelli. Era uma comédia romântica lá de 2002, que fez muito sucesso nos cinemas...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Na semana passada eu postei aqui a primeira parte da lista dos meus filmes românticos preferidos dos anos 90 (veja aqui). E agora estão...

Streaming

Há filmes que a gente acaba deixando passar na correria  –  na verdade, um monte deles, rs. E aí um amigo acaba recomendando –...

Streaming

Quando li a sinopse de Justiceiras, logicamente me lembrei de Pacto Sinistro, de Alfred Hitchcock. Para quem não conhece o clássico, está no HBO...

Streaming

Já falei aqui algumas vezes que a Netflix (e o streaming como um todo) revitalizou o gênero da comédia romântica. Há inúmeros filmes do...

Streaming

A Netflix tem um monte de comédias românticas bobinhas. Geralmente elas se passam em lugares maravilhosos, e mostra um romance que tinha tudo para...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Streaming

Outro dia, em busca de um filme leve e romântico, achei De Encontro com o Amor na Amazon Prime. É antigo, de 2005. Tem...

Cinema

Houve um tempo em que Jennifer Lopez teve uma fase de comédias românticas. São dessa época Encontro de Amor (minha favorita), e O Casamento...