fbpx

O outro Santo disponível na Netflix

 data-srcset

Há pouco tempo, surgiu um rumor de que Chris Pine estaria negociando para ser O Santo em um novo filme. Isso ainda não se confirmou, mas seria uma bela escolha. Para quem não conhece, o personagem do Santo, ou Simon Templar,  é um espião britânico cínico e cheio charme. Ele apareceu em uma série de livros de mistério policiais publicados entre 1928 e 1963. Ele teve uma carreira em séries de rádio, e durante um tempo chegou a ser interpretado por Vincent Price. Mas o personagem só ganhou uma fama mundial depois que virou série de TV, nos anos 60. Roger Moore a estrelou por cinco temporadas, e diz a lenda que foi por causa dela que o convidaram para ser  James Bond no cinema.  Vários outros atores fizeram o o papel em diversos especiais até que Val Kilmer estrelou uma super produção para o cinema em 1997.

Mas eu realmente fiquei surpresa ao encontrar uma outra versão de O Santo disponível na Netflix. Na verdade, ele foi filmado como um piloto de série, que acabou não sendo aprovada em 2013. Depois de algumas adaptações, acabou sendo lançado como um filme para TV em 2017, como uma homenagem a Roger Moore. O ator faz uma participação especial, que acabou sendo sua última aparição como ator. É meio óbvia a razão pela qual ela não foi aprovada como série. Tem cara de série, mas daquele tipo que o orçamento estava curto, que não dá pra contratar bons atores para os papéis de coadjuvantes.  Repare na ex-namorada brasileira feita por Sonalii Castillo! Rsrs, vergonha alheia! Algo como um filhote de Miami Vice! Mas a história é simpática, e o ator principal, Adam Rayner, da série The Fix, é bem interessante!

O  novo “filme” do Santo

No “filme”, Simon Templar é um ladrão com requintes de agente secreto, que trabalha ao lado de sua sócia/ namorada Patricia (Eliza Dushku, a Faith de Buffy – A Caça-Vampiros). Os dois acabam envolvidos numa situação em que tem que recuperar o dinheiro roubado por outra pessoa. E ainda salvar a filha sequestrada de um dos envolvidos. Na jornada, ele tem que enfrentar um inimigo do passado, e também escapar dos agentes que querem prendê-lo.

Nunca assisti a série de Roger Moore, e confesso que pouco me lembro da versão de Val Kilmer (ela está disponível tanto na Amazon quanto na Netflix). Preciso revê-la. Mas sabe que vi essa aqui sem problemas? É fraquinha, mas tudo bem. Vale para ver enquanto esperamos a de Chris Pine, rs!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *