fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A inocência de Amor e Monstros da Netflix

Talvez a maior surpresa das indicações do Oscar este ano tenha sido Amor e Monstros. O filme que estreou ontem(14) na Netflix, conseguiu uma indicação inesperada ao Oscar de efeitos visuais. Não tem chances, já que o provável vencedor será Tenet. Mas, mesmo assim, é uma conquista invejável. Até porque a criação dos monstros lembra até um pouco os clássicos de Ray Harryhausen, de mais de 50 anos atrás. E talvez seja exatamente isso o seu diferencial. 

Na história, tudo começa com um apocalipse. Os insetos se transformaram em grandes mosntros , e grupos de pessoas acabam sobrevivendo em bunkers.  Sete anos depois do início disso tudo, o fofo Joel  (Dylan O’Brien) faz uma descoberta. Sua namorada da época, Aimee, feita por Jessica Henwick (Punho de Ferro), está viva e morando numa comunidade há  alguns quilômetros de onde ele vive. Ele então abandona seu  bunker e resolve fazer uma jornada super perigosa para chegar até lá. No caminho, além dos monstros, ele encontra amigos, inimigos. E ainda uma amizade verdadeira com Boy, o cachorro mais inteligente da história.

A crítica

Amor e Monstros é fofo, mas super inocente. Isso se deve muito à atuação extremamente simpática e doce de Dylan O’Brien. E ainda mais pela descrição da amizade dele com o cachorro. Com isso, o diretor Michael Matthews já conquista todo o mundo. Você já viu inúmeras variantes dessa história, jovem em busca de seu amor enfrentando os mais diversos perigos para chegar até ela. A diferença aqui são os monstros  e a personalidade do personagem principal. 

O filme alterna o momento presente com flashes do passado, que explicam como tudo começou, como Joel e Aimee se separaram. E ainda como Joel foi parar no bunker. A melhor parte é justamente o caminho de Joel para chegar até Aimée, especialmente sua interatividade com Boy. Há também a participação simpática de Michael Rooker e  Ariana Greenblatt (O Grande Ivan), como dois andarilhos. Estes serão muito importantes para que Joel complete sua jornada. O final, depois que ele chega até ela, vira meio Transformers, com monstros e muitas explosões. 

Mas Amor e Monstros se firma como um show de Dylan O’Brien. Para os fãs e para aqueles que não conheciam de Teen Wolf e Maze Runner. Tem potencial para alçar voos mais altos. E, claro, Boy o cachorrinho, é a coisa mais fofa desse mundo. Dá vontade de ter um igual!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

No sábado, a internet em casa ficou meio capenga então resolvi dar uma olhadinha em dois filmes da Amazon Prime que eu tinha baixado...

Streaming

Carnival Row estreou há uns três anos na Amazon Prime. Era uma daquelas séries que eu sempre pensava em começar a ver, mas acabava...

Streaming

Todo mundo estava esperando esses dois últimos episódios da quarta temporada de Stranger Things. Havia a preocupação de que um personagem principal morreria. E...

Streaming

O Star Plus não tem a quantidade de lançamentos novos como Netflix ou HBO Max. Mas tem umas coisas bem interessantes chegando.  Todas nesse...

Streaming

Chris Pratt tem duas grandes franquias pra chamar de suas – Jurassic World e Guardiões da Galáxia. E nesse ano, estará por aí nas...

Você também pode gostar de ler

Streaming

A lista da Netflix para esse mês de julho está bem boa. Tem um monte de coisas, mas eu separei aqueles 10 filmes e...

Streaming

Quando li a sinopse de Toscana, que está na Netflix, logo me lembrei de Um Bom Ano. Pra quem nunca viu, o filme traz...

Streaming

A minha dica especial da semana de cinema é O Peso do Talento, com Nicolas Cage, que está estreando nessa quinta. Surpresa: um filme...

Streaming

Adam Sandler foi um dos primeiros atores a fechar contrato com a Netflix. Desde então fez várias comédias por lá, como o megassucesso Mistério...

Streaming

Todo mundo adora Omar Sy, certo? Ele é ótimo, e seus filmes são sempre interessantes. Então quando li que ele tinha se juntado com...

Streaming

Quando 365 dias estreou, logo no início da pandemia, foi um enorme sucesso. Vinha naquele caminho de soft porn, que de vez em quando...

Streaming

Lembro uma época em que o diretor Jim Jarmusch era “o cara” do momento. Foi nos anos 80, quando fez Estranhos no Paraíso e...

Streaming

Feriado de Páscoa batendo na porta, e em alguns lugares, o frio também. Então, para quem vai ficar em casa nesse feriado prolongado, aqui...