fbpx

Série Flack, com Anna Paquin, é resgatada pela Amazon

A série Flack, com Anna Paquin, estreou aqui sem muito alarde no Paramount Network em 1º de junho. A primeira temporada é exibida todas as segundas, às 23h30. Nos Estados Unidos, ela era exibida pelo canal Pop, que faz parte da Viacom, dona do Paramount Channel. Depois da exibição por lá da primeira temporada, a série foi renovada. Só que o canal acabou cancelando-a uma semana antes do início da segunda temporada em março. E ela não chegou a ser exibida. Mas agora foi anunciado que há vida depois da morte para Flack. A Amazon adquiriu as duas temporadas e tem a preferência, caso a série vá bem nos Estados Unidos e Canadá, de fazer uma terceira.

A razão dessa mudança de atitude do canal Pop, é que a Viacom resolveu que quer ser dona do conteúdo que coloca no ar – Flack é de terceiros. E com isso acabou com outras duas séries  que também são de terceiros: a aclamada comédia Florida Girls (que já tinha sido renovada), e Best Intentions. Essa nem chegou a ir ao ar.

O que é Flack?

Flack é produzida por Anna e por seu marido Stephen Moyer (que se conheceram em True Blood), entre outros. Ela retrata o dia a dia de Robyn (Anna Paquin),  uma profissional de relações públicas que vive em Londres. Ela impulsiona, faz publicidade e protege os clientes. Seu trabalho é esse, consertar a vida de outras pessoas, apesar de ser incapaz de corrigir a sua própria. Robyn trabalha junto com Eve (Lydia Wilson) numa agência chefiada por Caroline Mills (Sophie Okonedo).

Na segunda temporada que nunca chegou ao ir ao ar nos Estados Unidos (acabou sendo exibida na Inglaterra), a série teve a participação de Sam Neill, como o ex de Caroline, e de Daniel Dae Kim (como ele trabalha, né?), que faz um novo cliente de Eve. Além deles, Martha Plimpton também aparece em um episódio como a mãe morta de Robyn.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *