fbpx

O retorno de Fear the Walking Dead com uma jornada grotesca

Fear the Walking Dead, que estará de volta com a segunda metade de sua segunda temporada hoje (21)  às 22 horas no canal AMC, nunca conseguiu conquistar a audiência como a série-mãe. Começou muito bem , mas creio que poderia ter ido mais devagar até que o apocalipse zumbi e todas as suas implicações tomassem conta de tudo. Esse seria o seu diferencial. Mas não foi assim. E agora, os zumbis já tomam conta de tudo como em The Walking Dead.

Perdi alguns episódios da primeira parte de sua segunda temporada, mas já assisti ao episódio da volta, que será exibido hoje, numa sessão para a imprensa. Quem acompanha se lembra que o último terminou com Nick (Frank Dillane) se separando do resto do grupo no meio de uma área desértica do México. Nesse retorno, não veremos os outros membros do grupo, o episódio vai se concentrar na difícil jornada de Nick, enfrentando bandidos, famílias desesperadas, privações, cães raivosos, o calor, e , é claro, zumbis (que no final são os menos assustadores de tudo).

Costumo dizer que enquanto The Walking Dead é mais violento, Fear... é mais “nojento”. E esse episódio, que tem o título  apropriado de Grotesco, tem os momentos mais nojentos de todos.Portanto, prepare o estômago e para não querer comer carne mal passada por um bom tempo (rs). Mas Grotesco tem um objetivo claro. Tornar mais simpático um personagem que até agora não conseguiu convencer. Aliás, este ainda é o grande problema da série. Em The Walking Dead, você se importa com a maioria deles (é só ver toda a comoção que acontece quando um  morre, ou “quase morre”). Aqui não, você fica torcendo contra eles (rs). Especialmente os chatíssimos Madison (Kim Dickens) e Chris (Lorenzo James Henrie). Vamos ver  se as coisas mudam na segunda parte da temporada. A série já foi renovada para a terceira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *