fbpx

A nova série de Julianna Margulies

Para todos aqueles que como eu se sentem órfãos de The Good Wife, a boa notícia é que Julianna Margulies vai retornar à TV em uma nova série. Trata-se de Dietland, baseada no livro do mesmo nome de Sarai Walker. A série terá 10 episódios, será produzida por Marti Noxon, e exibida pelo canal AMC em 2018.

O livro é um romance sombrio e satírico sobre uma sociedade obcecada pelo peso. O personagem principal é uma jovem de mais de cem quilos chamada Plum, que será vivida por Joy Nash, que se envolve com um grupo subterrâneo de mulheres radicais enquanto se prepara para fazer uma cirurgia de redução de estômago.  Julianna é Kitty Montgomery, a ambiciosa editora de uma revista cuja vida se torna um caos quando uma organização terrorista de mulheres começa a atingir pessoas que ela conhece.

Resultado de imagem para joy nash
Joy Nash, que já esteve também em Twin Peaks

Julianna já tinha voltado a ser notícia na semana passada quando contou durante uma entrevista em uma rádio americana sobre suas experiências terríveis com Steven Seagal e Harvey Weinstein. No primeiro caso, falou que foi convencida por uma diretora de elenco a se encontrar com Seagal. Segundo Julianna, que tinha 23 anos na época, era tarde da noite e, ao chegar no quarto do hotel, não havia sinal da mulher, e o ator abriu a porta armado: “Ele fez questão que eu visse a arma. Eu nunca tinha visto uma arma na vida”. Ela não entrou em mais detalhes mas  disse “Não sei com saí de lá, mas não fui machucada, não fui estuprada”.

Resultado de imagem para julianna margulies radio interview about steven seagal

O “encontro” com Harvey aconteceu alguns anos depois, quando ela já estava em Plantão Médico. Uma assistente dele a convocou para uma reunião em seu quarto de hotel, e antes de subir, Julianna insistiu que a mulher fosse junto. Segundo ela, quando Harvey abriu a porta, estava de roupão, o quarto estava cheio de velas e tinha um jantar para dois. A atriz contou que ele só olhou feio para as duas e bateu a porta na cara dela: “Nem preciso dizer que não consegui o papel”.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *