fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Melhores momentos da 14ª temporada de Grey’s Anatomy, que chega à Netflix

Entra ano e sai ano, Grey’s Anatomy continua seu enorme sucesso na TV. E na Netflix não é diferente. É sempre a mais assistida, ou então está entre as primeiras. É impossível cansar dessas histórias , com personagens (alguns!) tão queridos e que passam por tantas tragédias, e alguma diversão. E essa 14ª temporada que vai chegar amanhã, dia 1º, na Netflix, está entre as mais inesperadas, mas mesmo assim, com momentos que passaram para a história da série. Então veja abaixo os maiores destaques  – com #Spoilers –  antes de começar a maratona do fim de semana.

  • Alex revê sua mãe e ela é a Mulher Biônica

A gente já tinha visto anteriormente a loucura da mãe de Alex (Justin Chambers). Mas dessa vez, prestes a se casar, ele resolve ir até Iowa para ver se ela não teria sofrido outro ataque nervoso. E quando chegou lá, descobriu que tudo estava bem com ela, na pele de Lindsay Wagner, a mulher biônica. Os dois tiveram uma cena emocionante.

  • A volta de Geena Davis

Ela teve um papel importante na 11ª temporada, especialmente na história de Arizona (Jessica Capshaw). E quando Nicole (Geena Davis) voltou para Seattle, foi para fazer um convite irrecusável para ela, para se mudar para Nova York, onde Callie (Sara Ramirez) estava. #HappyEnd

  • Jaggie

Como boa parte da audiência, não sou fã do casal Jackson (Jesse Williams) e Maggie (Kelly McCreary). Acho que ela é muito chata. Mas, eles estão aí. Quando Shonda Rhimes fica determinada a seguir um caminho, não tem jeito.

  • Owen, Amelia e Teddy

Owen (Kevin McKidd) e Amelia (Caterina Scorsone) viveram altos e baixos durante toda a temporada. Mas, no final,  parecia que estava tudo bem entre eles, finalmente. Só que Teddy (Kim Raver) andou aparecendo aqui e ali todo o tempo. E as perspectivas para a 15ª é que ela estará bem presente.

  • Adeus, Nathan

Eu sinceramente gostava do casal Meredith (Ellen Pompeo) & Nathan (Martin Henderson). Só que aparentemente Shonda não. Inventaram um retorno da irmã morta de Owen (Kevin McKidd), e ela e Nathan foram morar em Malibu. Pena!

  • Um amor para Meredith que iria funcionar

Sua participação foi breve, mas eu adorei o personagem médico/paciente, Nick (feito por Scott Speedman), e sua química com Meredith. Ficou um gostinho de “quero mais”. Quem sabe no futuro?

  • A montanha russa de April

Nenhum personagem teve uma temporada mais intensa do que April (Sarah Drew). Ela começou revoltada, transou com um monte de gente, virou uma bêbada, voltou a ser legal, e ainda achou um novo/velho amor. Terminou casada e longe de Seattle.

  • A verdade sobre Jo

Também acho Jo (Camilla Luddington) muito chata, mas nessa temporada, depois de toda a confusão com Karev, ela até que ficou mais suportável. E o arco de Matthew Morrison como o marido violento foi muito bom.

  • Episódio 300

Para quem acompanha Grey’s Anatomy há 14 anos, a emoção correu solta com o episódio 300, que homenageou e relembrou rostos conhecidos. Provavelmente foi o melhor episódio do ano. Impossível não se acabar de chorar com o final, com o prêmio Harper Avery. #Amei

Todas as fotos da matéria são de divulgação.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Cinema

Mad Max: Estrada da Fúria foi um grande sucesso de público e crítica quando foi lançado em 2015. Na época, escrevi o seguinte na...

Cinema

É impossível não lembrar de John Wick ao assistir Fúria Primitiva. Afinal, trata-se de um filme sobre vingança , sobre alguém que  desafia os...

Streaming

A gente já viu essa história muitas vezes. O romance improvável entre estudantes ricos e pobres numa escola para milionários. Recentemente Elite fez muito...

Streaming

Houve um tempo em que Renny Harlin dirigiu grandes filmes de ação. É o caso de Risco Total e Duro de Matar 2, por...

Streaming

Eu não conhecia o romance Um Cavalheiro em Moscou. Mas me interessei pela adaptação na série do mesmo nome, que estreou ontem (17) no...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Bridgerton é uma delícia. Gosto muito das duas primeiras temporadas. A primeira tem cenas bem quentes, a segunda é mais sensual, com um jogo...

Streaming

Provavelmente você já ouviu falar da minissérie inglesa Bebê Rena, que está na Netflix. Muita gente tem me perguntado sobre ela nas redes sociais...

Streaming

Sabe aquela situação em que você acompanha filmes e séries que tem uma certa similaridade? Pois foi o que aconteceu com meu amigo José...

Streaming

Há muito tempo, eu assisti o filme clássico francês O Salário do Medo. Dirigido por Henri Georges Clouzot, tinha Yves Montand no papel principal....

Streaming

Um tipo de história que sempre mexe comigo é a de reencontros com amores do passado. Daquele tipo o que poderia ter sido, mas...

Streaming

Eu estava em busca de um filme curtinho, desses de 1h30. E achei Capitã Nova, uma produção holandesa de ficção-científica, disponível na Netflix. Esses...

Streaming

Na época de minha adolescência, como muita gente mais, eu achava Rob Lowe um dos atores mais lindos da época. O primeiro ano do...

Streaming

Um amigo já tinha me avisado sobre esse filme. Mas eu não me lembrava se ele havia falado se era ruim ou bom, rs....