fbpx

Legion traz o universo dos X-Men para a TV

 data-srcset

Legion, que será exibida em 2017 no canal FX, vem sendo falada há muito tempo. Primeiro porque é a primeira série a se passar no universo dos X-Men. E também porque é a primeira desta linha a ter o envolvimento da Marvel. Isso porque, apesar de serem personagens da Marvel, os X-Men tem os direitos para cinema e TV com a Fox. Essa parece ser finalmente uma aproximação entre os dois estúdios. Ou pelo menos foi isso que Jeph Loeb ( presidente da Marvel TV) declarou no painel da série hoje (9) na New York Comic Con, quando foi perguntado se essa série também estaria conectada com o restante do universo da Marvel. “O fato que eu estou sentado aqui é uma indicação de que pontes estão sendo construídas – pessoas como Lauren (Lauren Shuler Donner, produtora da série, que também estava no painel) estão facilitando e fazendo isso acontecer. E John Landgraf, que é o responsável pelo canal FX, está muito envolvido”.

Além da importância dessa aproximação no mundo dos negócios e no universo de super-heróis, o elenco  de Legion também impressiona. O astro é Dan Stevens, que além de ter marcado época como Matthew Crawley de Downton Abbey, também será a Fera da versão com atores que a Disney lançará de A Bela e a Fera no ano que vem. Além dele, tem Bill Irwin, Aubrey Plaza, Rachel Keller,  Katie Aselton, Jermaine Harris, e Amber Midthunder, que também estavam no painel, juntamente com o criador da série, Noah Hawley, de Fargo. A história é sobre David Haller, um “jovem homem que talvez seja mais do que um humano”. Mas como ele “ouve vozes”, passa a ser hóspede de  vários hospitais psiquiátricos a fim de achar uma cura. Só que, como já se pode imaginar, Haller começa a perceber que as vozes e visões em sua cabeça são muito complexas para serem apenas o fruto da imaginação.

IMG_2865
Dan Stevens e Aubrey Plaza no painel de Legion na NYCC

Uma boa parte do primeiro episódio foi exibida no painel da New York ComicCon, e apresentava justamente essa primeira fase da vida de David, e seu dia a dia, ainda confuso (com certeza explicações virão posteriormente), pois não fica muito claro se  o que acontece é imaginação de David ou se é real. Mas já fica óbvio que ele é um mutante, e que há uma conspiração (claro!) para estudá-lo e evitar que ele use seus poderes. Quem leu os quadrinhos sabe que David é um personagem  extremamente poderoso conhecido como Legião, que provocou um universo alternativo, onde Charles Xavier não existe. E, veja só, David é filho do Professor! Resta saber agora que caminho a série vai seguir. Com um visual bem estranho, mas muito atraente, a série parece que vai ser o máximo. A data de estreia ainda não foi confirmada, somente que será em 2017.

Os dois em uma cena da série

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *