fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Ewan McGregor como Halston em série de Ryan Murphy

Talvez muita gente que acompanha o tapete vermelho hoje em dia não conheça Halston. Afinal, ele era um costureiro que brilhou muito nos anos 70, vestindo gente com Liza Minelli e Lauren Hutton. Seu estilo de roupa esvoaçante marcou uma época. E agora Ryan Murphy usou suas redes sociais para anunciar que a série limitada Halston, da Netflix, que vai contar a história desse superstar da moda, começou a ser rodada hoje (19). Ela será lançada em 2021.

Segundo Ryan, “Depois de longos 20 anos de idas e vindas, a série limitada Halston, estrelada pelo fantástico Ewan McGregor, começou sua produção hoje. Eu estou muito orgulhoso de nosso diretor e líder Dan Minhahan, e de Christine Vachon, da Killer Films. Eu estou emocionado de produzir essa grande e significativa série com eles, Alexis Martin Woodall e Pamela Koffler”.

Ewan McGregor e Halston

No elenco, além de Ewan McGregor, estão os seguintes nomes:

Rory Culkin –  JOEL SHUMACHER
Rebecca Dayan – ELSA PERETTI
David Pittu – JOE EULA
Krysta Rodriguez – LIZA MINNELLI
Sullivan Jones – ED AUSTIN
Gian Franco Rodriguez – VICTOR HUGO

https://www.youtube.com/watch?v=zxLthSNlbVU

Quem era Halston?

Halston começou a carreira como designer de chapéus. Depois que Jacqueline Kennedy usou uma de suas criações para a posse do marido como presidente dos Estados Unidos, ele virou uma celebridade. A partir de 1966, começou a criar sua própria linha de roupas. Dominavam os looks simples e minimalistas (porém sofisticados). Muito glamour, sofistiação sendo ao mesmo tempo confortável   de chifon e seda. Com modelos feitos em cashmere e ultrasuede (uma microfibra com a aparência de camurça), ele dominou as pistas de dança no auge das discotecas em meados dos anos 70. Após lançar várias linhas de roupas, perfumes e maquiagem, Halston acabou perdendo o controle de sua marca. Ele morreu em 26 março de 1990, de complicações causadas pela AIDS.

Halston e Anjelica Huston

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Cinema

Filmes de fantasia, que pretendem atingir crianças e adultos, podem acertar no tom, ou não. Várias versões erraram no tom. É o caso de...

Streaming

Bridgerton é uma delícia. Gosto muito das duas primeiras temporadas. A primeira tem cenas bem quentes, a segunda é mais sensual, com um jogo...

Cinema

Admiro muito as canções de Amy Winehouse. E, como sempre, fico triste de ver gente com tanto talento que acaba não conseguindo suportar o...

Cinema

Há uma infinidade de filmes de terror sobre grupos de jovens que se juntam em algum lugar e resolvem mexer com coisas que não...

Cinema

Belo Desastre, atualmente disponível na Prime Vídeo, é divertidíssimo. E o melhor, é um romance teen que não se leva a sério. Até mesmo...

Você também pode gostar de ler

Moda

O MetGala teve visuais menos loucos que anos anteriores (sem Lady Gaga, Rihanna e Jared Leto, rsrs). O tema deste ano era MET GALA:...

Streaming

Provavelmente você já ouviu falar da minissérie inglesa Bebê Rena, que está na Netflix. Muita gente tem me perguntado sobre ela nas redes sociais...

Streaming

Sabe aquela situação em que você acompanha filmes e séries que tem uma certa similaridade? Pois foi o que aconteceu com meu amigo José...

Streaming

Há muito tempo, eu assisti o filme clássico francês O Salário do Medo. Dirigido por Henri Georges Clouzot, tinha Yves Montand no papel principal....

Moda

Enquanto a nova temporada de Emily em Paris não chega ( e a gente aguarda ansiosamente) , é interessante pensar como Lily Collins virou...

Moda

A Temporada de Premiações terminou – e Margot Robbie não ai usar mais rosa, rsrs. E como eu acompanhei de perto cada um dos...

Moda

O red carpet do Oscar teve um claro predomínio da cor preta nos vestidos. Muita gente resolveu ir pelo caminho mais certo da elegância....

Moda

Normalmente, eu acho que é no SAG Awards que as atrizes estão mais elegantes. Não foi diferente dessa vez. Claro, há sempre os “erros...