fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

A experiência completa de The Fall

Vi as duas primeiras temporadas de The Fall há muito tempo (comecei quando ainda passava na GNT). Mas acabei nunca assistindo a terceira. Foi pura falta de oportunidade, já que eu gostava bastante. Por causa dela, achei na época que Jamie Dornan seria uma boa escolha para ser Christian Grey de 50 Tons de Cinza. Mas acho que ele está bem melhor na série do que na trilogia de filmes. The Fall ficou um bom tempo disponível na Netflix. Agora só está na TNT Go, provavelmente esperando o fim de junho para entrar no HBO Max. Mas, meu amigo José Augusto Paulo assistiu a série inteira recentemente lá na Europa, e escreveu o texto abaixo. Tenho que colocar na fila para ver a última temporada…

The Fall

Comecei a assistir The Fall em DVD há uns anos atrás. Gosto do trabalho de Gillian Anderson e é sempre bom ver e rever Jamie Dornan. O menino de Belfast. que ficou famoso pelos 50 Tons de Cinza, já mostrava em The Fall que aqueles close-up são mesmo para desestabilizar a pressão arterial da platéia. Mas também me atraiu a idéia de uma série que se passa em Belfast. As filmagens foram feitas no período depois do The Troubles, pós Processo de Paz. Mas ainda havia tensões e situações dificeis de compreender. Especialmente para quem não pertence às comunidades que estavam nas origens dos conflitos.

A primeira temporada é mais sobre como o assistente social Paul Spector (Jamie, mais magro do que estaria em 50 tons) comete seus crimes. Ele vai assassinando moças em suas casas e cometendo aqueles atos que nos parecem inimagináveis, mas infelizmente existem. Uma policial de alta patente, Stella Gibson (Gillian com uma frieza que nos prende a atenção), é chamada de Londres. Ela tem grande experiência nesses tipos de crime, e fica em Belfast
encarregada da investigação. Ambos, criminoso e policial, tem um lado mais público e um privado que leva a comparações. Tanto que ambos passam a série tentando desvendar os segredos do outro. Uma curiosidade: notei também que Spector e Gibson são nomes de guitarras.

A segunda e a terceira temporadas

A segunda temporada é mais sobre a procura pelo assassino e os dramas paralelos que essa busca desencadeia. Termina em uma surpresa que ajuda a definir o tom da terceira temporada. As três são excelentes, empolgantes, mas de forma cool, até elegante. Uma produção com muitas cores escuras e fortes, pouca luz, sem momentos ensolarados. É como se fosse para dar o tom e colocar na moldura personagens complexos, nada fáceis de interpretar.

Jamie Dornan mostra-se melhor ator do que nos 50 Tons (pode ser que se sinta mais confiante no seu sotaque regional original). Gillian dá profundidade a Stella. A atuação dos dois quase vira uma dança macabra. A fotografia mostra poucos ângulos muito abertos, com a câmera muito focada nos rostos e na expressões dos olhos. Há pouco sentimentalismo, texto por vezes bem profundo, inteligente. Personagens paralelos por hora irritantes, por hora patéticos. Mas a série encanta e surpreende, mesmo quando sabemos, desde o começo, quem é o assassino.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Moda

O red carpet dos Emmys 2021 teve um pouco de tudo. Mas a maioria até que estava bem contida – com exceção de Billy...

Premiações

Nesse domingo (19) acontece o Emmy 2021. O evento, que será apresentado por Cedric the Entertainer, promete várias surpresas. Deverá ser bem diferente do...

Streaming

Já faz tempo que as séries do streaming/TV são o paraíso para as estrelas 40+. São conteúdos  com papéis de mulheres fortes, daqueles que...

Séries

Tem tanta mudança vindo por aí no elenco de sua série favorita! Eu resolvi então 10 novidades que foram anunciadas recentemente para séries que...

Moda

O SAG Awards 2021 não teve tapete tapete vermelho, foi gravado, e bem mais curto (uma hora). Mas mesmo assim, continuou fiel à sua...

Premiações

Mais um ano que não pudemos assistir o SAG Awards, que para mim é sempre o prêmio mais gostoso de ver . Infelizmente pelo...

Premiações

Nessa domingo (4) acontece o SAG Awards. Na minha opinião, é a premiação mais legal que existe. São premiados somente atores, tanto de séries...

Moda

O Critics Choice Awards  não teve um tapete vermelho organizado  como o do Globo de Ouro. Mas tentou seguir o mesmo caminho de boa...