fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Premiações

As premiações do fim de semana definem (e embolam) mais a corrida do Oscar

Pode ser Carnaval por aqui, mas nos Estados Unidos as premiações continuam a toda. Só neste fim de semana aconteceram duas. O Annie Awards, para animações, e o Prêmio do Sindicato dos Diretores. Ambos tem significativa importância no cenário cinematográfico e indicam algumas tendências para o Oscar. No caso do Annie, o resultado trouxe uma notícia esperada e uma bem-vinda surpresa. Divertida Mente ficou com o prêmio de melhor filme de animação  e mais outros nove, inclusive o de diretor para Pete Docter. Isso só dá mais certeza que ninguém vai tirar o Oscar dele na categoria este ano. Já a boa surpresa  foi o prêmio de melhor animação independente para a brasileiro O menino e o Mundo, de Alê Abreu. Entre todas as animações indicadas ao Oscar somente Divertida Mente e O Menino e o Mundo foram premiados. Palmas para eles!

A outra premiação do fim de semana,que atraiu todas as atenções por lá, foi a do Sindicato dos Diretores. E, surpreendentemente, Alejandro Iñarritu, se tornou o primeiro diretor da história a ser premiado dois anos seguidos – em 2015 com Birdman e em 2016 com O Regresso. Isso o deixa na posição de favorito, já que desde 1948, quando o prêmio do Sindicato foi criado, somente oito vezes o vencedor não foi o mesmo do Oscar. O caso mais famoso foi o de Ben Affleck em 2013, que ganhou no Sindicato com Argo, mas nem chegou a ser indicado ao Oscar. Os concorrentes de Iñarritu aqui foram Tom McCarthy  por Spotlight: Segredos Revelados,  Adam McKay por A Grande Aposta,  George Miller por Mad Max: Estrada da Fúria e Ridley Scott por Perdido em Marte. Ridley está fora da briga do Oscar já que em seu lugar foi indicado Lenny Abrahamson, por O Quarto de Jack (o que depois de ter visto os dois filmes, acho uma decisão surpreendente)

Pela primeira vez este ano, foi instituído o prêmio de diretor estreante. Steven Spielberg estava lá para entregar para Alex Garland, de Ex-Machina, e em seu discurso disse, que se essa categoria existisse há mais tempo, teria sido entregue para talentos como Orson Welles por Cidadão Kane e John Singleton por Os Donos da Rua.

Entre os vencedores de TV, estavam David Nutter pelo ótimo episódio de Game of Thrones, Mother Mercy (drama); Chris Addison por Election Night, de Veep (comédia); e Dee Rees por Bessie ( filme para TV/minissérie).

1 Comentário

1 Comentário

  1. Eduardo pepe

    7 de fevereiro de 2016 às 9:54 pm

    Vale lembrar que o brasileiro Fernando Coimbra concorria por O Lobo Atras da Porta a direcao de estreia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Streaming

Assim como Hitchcock e Tarantino, Steven Spielberg é uma grife de direção. Ao contrário dos outros dois, ele tenta diversificar  os gêneros de seus...

Cinema

Você já deve ter ouvido falar do EGOT. São aqueles que venceram todos os principais prêmios da indústria do entretenimento. O Emmy (TV), Grammy...

Streaming

Nem dá pra acreditar que entramos no último trimestre do ano. Mas a coisa boa disso, é que boa parte dos grandes lançamentos do...

Cinema

Mais uma princesa da Disney já está pronta para virar live action. E ela é a mais importante de todas. Não custa lembrar que...

Cinema

Foi Apenas um Sonho está entre aqueles filmes que inexplicavelmente deixei para trás. Nenhuma razão especial, até porque ganhei o DVD, que está por...

Cinema

Steven Spielberg já disse em várias entrevistas que boa parte da inspiração de seus filmes vieram de fatos que aconteceram na sua infância. E...

Gossip

Quando a Netflix soltou o seu vídeo de produções para 2021, uma das que mais surpreendeu foi a cena final. Mostrava Leonardo DiCaprio e...

Cinema

O mundo do entretenimento continua a passar por “terremotos” em suas estruturas. A decisão da Warner de lançar simultâneamente seus grandes filmes nos cinemas...