fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A minha opinião sobre Guerra Civil

Eu estava viajando quando houve a sessão para a imprensa de Guerra Civil. Então, quando cheguei, fui assistir ao filme no cinema. Depois de aguentar 20 longuíssimos minutos de comerciais (depois não sabem porque as pessoas estão deixando de ir ao cinema), consegui assisti-lo. Guerra Civil foi o filme número 1 dessa última semana, tanto nos Estados Unidos como no Brasil. O trailer é sensacional, e as críticas foram, em geral, muito boas. Não será o caso da minha.

Já aviso que minha crítica não tem nenhum fundo político, apenas uma análise do que funciona e o que não funciona como produção cinematográfica. Aliás, achei a ideia bem interessante. Os Estados Unidos estão vivendo uma guerra civil. Califórnia e Texas (dois estados com posicionamentos políticos bem diferentes na vida real) se rebelaram contra o presidente, que está isolado em Washington. É quando um jornalista e uma fotógrafa (Wagner Moura e Kirsten Dunst) resolvem se aventurar para tentar chegar até ele para conseguir uma matéria e uma foto especiais. Logo de início eles acabam tendo a companhia de um jornalista em busca de sua última aventura (Stephen McKinley Henderson), e de uma jovem fotógrafa (Cailee Spaeny, de Priscilla). Em seu caminho, passarão pelas mais diversas e assustadoras situações.

O que achei?

Já aviso que há poucas explicações sobre a situação política. Por que estão em guerra? Por que California e Texas? O que cada lado pretende? Já aviso que você não saberá se for assistir ao filme. Há algumas pistas aqui e acolá, mas nada que seja explicativo. Guerra Civil se concentra em seu um road movie, que mostra que não importa o lado todo mundo é sádico e violento – até mesmo os “heróis” que acompanhamos todo o tempo. É repetitivo em várias situações. A melhor cena, a que tem mais suspense, acaba sendo a que tem uma participação de Jesse Plemons (marido de Kirsten na vida real). E a maior parte dela está no trailer.

Nem o elenco está bem como já vimos anteriormente. Kirsten fica com sua cara de enfado, de quem não está mais aí para a vida, todo o tempo. Bem diferente de sua atuação poderosa de Ataque dos Cães (torci muito por ela no Oscar). E Wagner Moura, que eu acho um ótimo ator, está um tanto exagerado. Há momentos de gritos, um especialmente com o cigarro na mão, que me deixaram chocada com o over acting. E ainda tem Cailee Spaeny, que já não tinha me convencido muito em Priscilla, e aqui menos ainda. Só sabe arregalar os olhos. Além de parecer que tem uns 14 anos, e não os 20 e poucos que o filme sugere.

E, no final…

Não sou grande fã de Alex Garland, o diretor. Vi  Ex-Machina e Aniquilação dele. Não gosto especialmente de nenhum deles. O filme começa chato no primeiro ato. Fica mais interessante durante a sua parte road movie, ou seja, o caminho para Washington. E tem um terço final cheio de explosões e violência, que dá a sensação de ser extra longo. Não me envolveu, e me pareceu algo que já tinha visto um monte de outras vezes em The Walking Dead (sem os zumbis, claro, rs).

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Cinema

Há certos tipos de humor que, sinceramente, não consigo entender. Por exemplo, lembro-me de uma época em que Orange is the New Black era...

Cinema

Mad Max: Estrada da Fúria foi um grande sucesso de público e crítica quando foi lançado em 2015. Na época, escrevi o seguinte na...

Cinema

É impossível não lembrar de John Wick ao assistir Fúria Primitiva. Afinal, trata-se de um filme sobre vingança , sobre alguém que  desafia os...

Streaming

A gente já viu essa história muitas vezes. O romance improvável entre estudantes ricos e pobres numa escola para milionários. Recentemente Elite fez muito...

Streaming

Houve um tempo em que Renny Harlin dirigiu grandes filmes de ação. É o caso de Risco Total e Duro de Matar 2, por...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Sempre fui fã do astro da música Elvis Presley. Tenho ainda vários discos, e também na minha lista de músicas no celular. Li várias...

Cinema

O grande sucesso de Elvis, de Baz Luhrmann deve ter dado uma ajudinha para que outro projeto saísse  do papel. Sofia Coppola há algum...

Streaming

Divulgaram bastante por aí que Agente Oculto foi o filme mais caro da Netflix. Só na produção foram mais de 200 milhões de dólares....

Streaming

A Netflix vem adorando fazer esses filmes-evento. Recentemente teve enorme sucesso ao juntar Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds em Alerta Vermelho. E...

Streaming

A Apple TV Plus tem produzido séries interessantíssimas, que valem a pena conhecer. Não só a mais famosa delas, The Morning Show. Mas também...

Gossip

Normalmente a gente não fica sabendo de um monte de casos de atores importantes que perderam papéis em produções de primeira linha de Hollywood....

Moda

No momento do tapete vermelho estava tudo bem. Ainda não havia acontecido a premiação injusta de No Ritmo do Coração. E muito menos o...

Premiações

O Oscar 2022 vai acontecer no próximo domingo (27). E deve ter várias mudanças. O caminho da inclusão parece ser uma grande preocupação. Começando...