fbpx

A moda do tapete vermelho do cinema britânico

Ontem (7) foi a entrega do Independent Bristish Film Awards para, como o próprio nome diz, escolher os melhores do cinema inglês independente (uma espécie de Independent Spirit Local). Ex-Machina: Instinto Artificial, já disponível em DVD no Brasil, foi o vencedor como melhor filme, Saoirse Ronan, foi mais uma vez escolhida como melhor atriz por Brooklyn e Tom Hardy conseguiu o prêmio de melhor ator por Legend, ainda inédito por aqui. O desfile do tapete vermelho pode não ser tão glamouroso como o Oscar, mas algumas das estrelas estavam realmente lindas,  no preto predominante. Dê uma olhada:

Alicia Vikander poderia ter arrumado melhor o cabelo e passado um pouquinho de maquiagem. Afinal, era a estrela do melhor filme e concorria como melhor atriz em A Garota Dinamarquesa. Mas uma coisa é certa, o vestido Louis Vutton era muito lindo.

Normalmente eu gosto das escolhas de Carey Mulligan. Mas este Gucci com quadrados, folhas, flores e araras era um pouco demais não? Ela concorria como melhor atriz por As Sufragistas.

Sempre linda, Marion Cotillard, como sempre, foi de Dior. Ela concorria como melhor atriz por Macbeth: Ambição e Guerra

Marion Cotillard: Moet British Independent Film Awards 2015 -01

Saoirse Ronan , que ganhou por sua atuação em Brooklyn,  foi com um belo e simples modelo Burberry. Ela desponta como a favorita ao Oscar de melhor atriz por Brooklyn, já que vem levando boa parte dos prêmios da crítica

saoirse-ronan-at-moet-british-independent-film-awards-2015-in-london-05

Sempre fico surpresa com as aparições de Laura Carmichael no tapete vermelho. Como Lady Edith em Downton Abbey, ela é tão sem graça. Mas veja aqui, linda e sexy neste mini de Christopher Kane. Que diferença não?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *