fbpx

Bruce Willis vai fazer o novo Desejo de Matar

Sou fã de Bruce Willis há muitos anos (muitos mesmo). Sempre achei que, além de um homem charmoso e carismático, era também um ótimo ator, que sabe funcionar bem tanto no drama como na comédia. Mas ao longo dos anos trabalhando com cinema, ouvi também muitas histórias a respeito do comportamento de diva do ator. Há pouco tempo mesmo,  ele estava programado para entrar em Café Society, de Woody Allen, mas deixou o filme um pouco depois do início das filmagens. No começo, falou-se de um problema de agenda, mas logo veio à tona o fato de que nem os outros atores nem o diretor conseguiam aguentar  seu comportamento, sempre esquecendo suas falas no set (ele foi substituído por Steve Carell).

Mas, de qualquer maneira, ele ainda é um nome de um certo peso para os estúdios (mesmo filmando demais, fazendo algumas porcarias). Agora, o ator vai estrelar a refilmagem do grande sucesso de Charles Bronson dos anos 70, Desejo de Matar. Bronson era um arquiteto que, depois da mulher ser assassinada por bandidos, resolve fazer justiça com suas próprias mãos. Bruce já fez vários papéis similares, e por isso mesmo parece perfeito para se tornar Paul Kersey.

O filme promete ser bem sangrento já que foi anunciado hoje que Eli Roth,  conhecido por seu filmes de violência gratuita, como O Albergue 1 e 2 e o recente Bata antes de Entrar, assinou contrato para ser o diretor. Já imaginou o resultado? Os produtores tem o plano de que isso vire uma franquia, já que o original teve  quatro sequências.

Eli Roth

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *