fbpx

As acusações de Charisma Carpenter a Joss Whedon

Para mim foi muito difícil ouvir falar sobre o comportamento tóxico de Joss Whedon no set de Liga da Justiça. No ano passado, o ator Ray Fisher (Cyborg) fez sérias acusações contra o diretor.  Ele alegava inclusive que os produtores-executivos Geoff Johns e Jon Berg permitiram um comportamento “nojento e abusivo” durante as filmagens de Liga da Justiça. Houve inclusive uma investigação do estúdio sobre o assunto. Em dezembro, finalizaram a investigação, e Ray Fisher tuitou que “já vimos algumas coisas…e outras virão”. É bem provável que o afastamento  de Joss da série da HBO (que é do grupo da Warner), The Nevers, alegando exaustão, tenha sido já parte disso.

É difícil ouvir tudo isso quando a gente admira muito o profissional. Joss é o criador de Buffy – A Caça-Vampiros, uma de minhas séries preferidas da vida. Você acaba dando à pessoa o benefício da dúvida. Mas, agora novas acusações foram feitas a Joss Whedon. E dessa vez, vem do elenco de Buffy. Hoje (10), Charisma Carpenter que fez a personagem Cordelia tanto em Buffy quanto em seu spinoff Angel, fez um longo post no Twitter, relatando abusos por parte de Joss Whedon. Abaixo, algumas partes do texto:

Trechos do texto de Charisma Carpenter

  • “Por cerca de 20 anos, eu segurei minha língua, e dei algumas desculpas por certos eventos que me traumatizaram até hoje. Joss Whedon abusou de seu poder em inúmeras ocasiões enquanto trabalhamos juntos no set de Buffy – A Caça-Vampiros e Angel.”
  • “Os incidentes perturbadores provocaram uma condição física crônica, da qual eu ainda sofro”.
  • “Com suas constantes ameaças passivas/agressivas para me despedir, que acabam com a auto-confiança de uma jovem atriz. E me chamando de gorda na frente de colegas quando eu estava grávida de quatro meses e pesava 63 quilos”.
  • “Em uma reunião a portas fechadas, ele me perguntou se eu ia “manter o bebê”…”
  • “Naquela época, eu me sentia fraca e sozinha. Sem outra opção, eu engoli os maus-tratos e segui em frente”.
  • “Só recentemente, após anos de terapia e um despertar por causa do movimento #MeToo, eu entendi as complexidades de seu pensamento desmoralizante.”
  • “Há evidências abundante que Joss persistiu com suas ações nociva, continuando a criar um onda de destruição por onde passou”.
  • “Eu levei muito tempo para conseguir coragem para falar isso publicamente. Estou consciente sobre a gravidade disso. Como uma mãe solteira cuja família depende de meu trabalho, estou assustada. Apesar do medo do impacto disso em meu futuro, eu não posso ficar mais calada. É tardio e necessário. Está na hora”.

Sarah Michelle Gellar

Com tudo isso, logicamente todos quiseram saber o que Sarah Michelle Gellar, a estrela de Buffy tinha a dizer sobre o assunto. E ela foi polida, mas reveladora em um post no Instagram.

“Apesar de ter orgulho de ter meu nome associado a Buffy Summers, eu não quero ser para sempre associada com o nome de Joss Whedon. Eu estou mais focada atualmente em criar minha família e sobreviver à pandemia. Por isso não vou fazer outras declarações nesse momento. Mas eu estou ao lado de todos os sobreviventes de abuso, e orgulhosa deles por falarem.”

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *