fbpx

Toda a intensidade de Você Nunca Esteve Realmente Aqui

A gente já sabe que Joaquin Phoenix é um ator intenso, mas ele provavelmente nunca esteve tão intenso como em Você Nunca Esteve Realmente Aqui, que estreou esta semana no cinemas. Dizem até que ele poderia estar entre os indicados na próxima Temporada de Premiações. A sua performance acabou lhe rendendo o prêmio de melhor ator no último Festival de Cannes ( o roteiro da diretora Lynne Ramsay também foi premiado), e o filme recebeu sete minutos de aplausos de pé quando foi exibido por lá. Mas será que vale tudo isso?

Resultado de imagem para you were never really here cannes
Lynne Ramsay e Joaquin Phoenix em Cannes

Sim e não. É obviamente um bom filme, um releitura cult da velha história do assassino com um coração de ouro (uma versão intelectual de O Protetor, cuja sequência estreia semana que vem).  Joe  (Joaquin)é um cara que parece um fantasma, ele não existe para ninguém, apenas para poucos contatos e para sua mãe, que tem visíveis problemas mentais. A gente não sabe muito sobre ele também, apenas que tem desejos suicidas, e que é um ótimo “resolvedor de situações”. Ele é frio, observador , e pronto para matar armado apenas com um martelo.

Resultado de imagem para you were never really here

Quando Joe é contratado por um senador para trazer de volta sua filha Nina (a linda Ekaterina Samsonov) de uma gangue de pedófilos, ele faz o serviço com prazer. Só que as coisas eram mais complicadas do que se esperava, e ainda mais violentas. Esse é o momento em que ele terá que começar a sua própria jornada  por justiça.

O interessante desse filme altamente violento é perceber que a diretora mostra pouco da violência. A maior parte é sugerida, mas você não vai notar isso num primeiro momento. Mas é claro que isso não quer dizer que você não se sentirá desconfortável por boa parte dele. Afinal, a história de um assassino atormentado que tem que salvar uma menina que é abusada sexualmente, e ainda tem um monte de mortes violentas, é daquelas para revoltar o estômago.

Resultado de imagem para you were never really here

Lynne Ramsay não gosta de histórias fáceis. Ela fez O Lixo e o Sonho, e, seu filme mais conhecido é Precisamos Falar sobre Kevin. Se você já viu esse último, sabe do que estou falando. Você Nunca Esteve Realmente Aqui  é bom (mas devo dizer que não para 7 minutos de aplausos), mas também é bom você estar preparado para sair bem incomodado do cinema.

Imagem relacionada

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *