fbpx

Tem um policial bom com Chadwick Boseman estreando nos cinemas!

Quando recebi o convite para a sessão para a imprensa de Crime sem Saída, achei que ia ser um daqueles policiais tipo do Liam Neeson, que  faz a gente passar o tempo, só que são todos muito parecidos.  Mas, tinha no elenco Chadwick Boseman, o Pantera Negra, que  vem tendo muito cuidado com os projetos que escolhe em sua carreira. Resumo da história: fui e gostei muuuuuitooooo! O filme, que estreia amanhã (12) nos cinemas, tem ação, é inteligente, e mantém o ritmo e a atenção todo o tempo.

A história

A primeira sequência já mostra a razão pela qual o detetive Andre Davis (Chadwick) é um tanto violento com um flashback de um momento trágico de sua infância. Agora, cercado de polêmica sobre sua atuação, Andre recebe a missão de prender uma dupla de assassinos de policiais que está à solta na cidade. Para conseguir encontrá-los, ele se envolverá em uma investigação arriscada e terá que tomar medidas extremas, inclusive fechar todas as saídas de Manhatan, na tentativa de encerrar uma grande e inesperada conspiração.

A crítica

Crime sem Saída é curto (adoro!), e com isso acaba não desperdiçando tempo com bla-bla-bla, exatamente como deve ser com um filme de ação policial. É claro que depois que você já viu tantas produções do gênero, como é o meu caso, algumas coisas não chegam a ser surpreendentes. Mas, de qualquer maneira, a pergunta que fica não é quem é, mas sim como o detetive vai chegar a essa conclusão. Faz tempo que não via algo tão eficiente no gênero do cinema policial pipoca!

O filme tem no elenco, além de Chadwick Boseman, J. K. Simmons e Sienna Miller, sempre ótimos. Como os vilões estão Taylor Kitsch e Stephan James. Ele, que já teve um grande triunfo no ano passado como Se a Rua Beale Falasse, se sai muito bem aqui como um dos fugitivos.  O diretor Brian Kirk vem de TV, onde foi responsável por episódios de Penny Dreadful e Game of Thrones. Com certeza, terá uma bela carreira pela frente. Mas a qualidade da produção deve se dever muito aos produtores. Ninguém menos do que os irmãos Russo, ou seja, os diretores de Vingadores: Ultimato.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *