fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Prepare-se para chorar com Sete Minutos depois da Meia-noite

Uma dica se você resolver assistir a Sete Minutos depois da Meia-Noite, que estreia amanhã no cinema: leve um lenço, ou uma caixa deles. Porque é impossível não chorar no final dessa história emocionante. O filme é interessante, mas com essa tristeza, permanentemente presente no filme, vai ser difícil achar o seu público. Isso porque apesar de ser uma história infanto-juvenil, o filme é muito pesado para esse público, lidando sem freios com doença, bullying, separação, solidão e, é claro, perda.

Resultado de imagem para a monster calls

Baseado no livro iniciado por Siobhan Dowd (os créditos dizem que foi baseado em uma ideia dela), que faleceu, e depois desenvolvido e finalizado por Patrick Ness, o filme conta a história de Connor O’Malley (Lewis MacDougall), um garoto que se sente invisível, com sua vida cheia de problemas: a mãe (Felicity Jones) enfrenta um câncer, a avó (Sigourney Weaver) não gosta muito dele, seu pai está sempre ausente (Toby Kebbell) e os seus colegas de escola não o deixam em paz. Seu único amigo, que sempre aparece num determinado horário (sete minutos depois da meia-noite), é um monstro-árvore (com a voz de Liam Neeson), com quem se encontra todas as noites para contar e ouvir histórias.

O grande destaque aqui é o trabalho superlativo do menino Lewis MacDougall, somente em seu segundo filme (o primeiro foi Peter Pan). Tanto que ele foi indicado para vários prêmios específicos para jovens e adolescente. Realmente incrível, também em suas cenas com Sigourney Weaver e até com Felicity Jones (melhor aqui do que na maioria dos filmes que já estrelou).

Imagem relacionada

Obviamente o filme tem efeitos especiais ótimos, mas fora isso, parece um daqueles filmes feitos para garotos de outra época, não para os atuais que dependem do celular, das redes sociais e dos games. Eu diria que é um filme bem-intencionado, bem dirigido. Mas que não terá um público para ele. Mais ou menos o mesmo caso do último filme de Spielberg, que falhou miseravelmente nas bilheterias – O Bom Gigante Amigo.

Segundo o diretor J.A.Bayona (de O Impossível), “eu considero este filme quase como uma carta de amor à fantasia, é sobre como nós precisamos da fantasia para entender a realidade. É por causa disso que lemos livros e vemos filmes, porque de alguma maneira eles nos dão uma compreensão maior da vida, mais até que a própria vida”. É  um pensamento bonito, e até verdadeiro, mas não creio que vai ajudar o filme a dar lucro. Provavelmente vai se pagar – custo de 43 milhões – mas lucro já é uma outra história. É melhor esperar que se vendam mais livros.

Imagem relacionada

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Séries

A Netflix soltou hoje um vídeo de bastidores de Stranger Things. A quinta e última temporada está ainda sendo filmada e deve estrear somente...

Streaming

Nesse dia 14 de julho, grande feriado francês devido à Queda da Bastilha, vale ver um filme francês, certo? Aqui estão seis filmes do...

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Tem vários lançamentos interessantes chegando na Prime Video este mês.  Isso inclui filmes, novas séries e novas temporadas. Separei os 11 mais legais aqui:...

Cinema

Talvez muita gente ainda se lembre do caso do avião que levava o time de rugby  do Uruguai que cai nas montanhas geladas dos...

Cinema

Você provavelmente já viu um filme com a mesma história. Ela já foi contada no filme espanhol O Desconhecido (2015), no alemão Direção Explosiva...

Streaming

Agosto chegando e aqui tem uma listinha de filmes, séries e novas temporadas que chegam no streaming no mês. Eu, com certeza, verei todas...

Streaming

Tenho certeza que Disque Jane é um daqueles filmes que vai levantar polêmica. Se até Barbie está virando polêmica, imagine esse, rs. O filme...

Streaming

Desde que estreou diretamente no streaming por aqui, penso em ver Anônimo (disponível na Globoplay). O filme foi muito falado na época de seu...

Cinema

O detetive Philip Marlowe foi criado pelo escritor Raymond Chandler. Várias de suas histórias foram adaptadas para o cinema. O seu grande intérprete, que...

Streaming

O grande chamariz entre os lançamentos da Prime Vídeo em março é a minissérie Daisy Jones and the Six, com Riley Keough. Mas tem...