fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Para saber mais sobre O Plano de Maggie…

Greta Gerwig é um tipo de musa do cinema independente desde Frances Ha. Mas o que parecia fresco e diferente na sua atuação naquela época, com o tempo provou que há pouco de atuação e muito do jeito próprio da atriz nos papéis que faz. Todos os filmes que vi com a atriz, ela é sempre a mesma coisa, tem o mesmo jeitinho fofo e simpático. Nem uma piscada diferente. E em O Plano de Maggie, que estreou nos cinemas esta semana, não é diferente.

Aqui Greta é a Maggie do título, uma mulher independente, que quer muito ter um filho. Ela inclusive já arranjou um doador para resolver o seu problema, seu colega de faculdade, Guy (Travis Fimmell). Mas as coisas se complicam quando ela se apaixona por John (Ethan Hawke), um homem casado e infeliz com a brilhante Georgette (Julianne Moore). Mas três anos e uma filha depois, Maggie percebe que se “desapaixonou” , então o que fazer?

A diretora Rebecca Miller, filha de Arthur Miller e esposa de Daniel Day Lewis,  fez o ótimo A Vida Íntima de Pippa Lee (se não viu, veja). Mas aqui, apesar de algumas soluções interessantes e até divertidas, ela tem um grave problema no roteiro também de sua autoria. Todos os personagens (com o exceção do “homem do picles”, Guy) são muito chatos. Desde Maggie, até John, um homem-criança, e Georgette, a dominadora. Mesmo o casal de amigos feito por Maya Rudolph e Bill Hader é insuportável – pobre do filho do dois.

Ethan Hawke e Julianne Moore em O Plano de Maggie

Mas se você é fã de Greta – há muita gente que a adora –  e já viu todos os filmes “levinhos” que estão em cartaz, O Plano de Maggie pode ser uma opção. Daquelas que vai fazer você rir aqui e ali, mas uma vez que saiu do cinema, vai ser difícil lembrar o que aconteceu…

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Cinema

As comédias românticas encontraram uma casa – e um público fiel – no streaming . Por isso, é interessante – e uma bem-vinda surpresa ...

Cinema

Já começo avisando que Maxxxine é a parte final de uma trilogia. Apesar de ter sido filmado em ordem diferente, cronologicamente ele começa com Pearl(...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Segredos de um escândalo se baseia claramente num escândalo que ficou muito conhecido nos Estados Unidos. Uma mulher de mais de 30 anos, Mary...

Moda

O vestido preto nada básico dominou o Critics Choice Awards. Também várias optaram pelo branco. Mas os looks vermelhos foram os mais lindos. Já...

Streaming

O Mundo depois de Nós, que estreou na última sexta na Netflix, vem despertando grande raiva em muita gente que assiste. Concordo que não...

Cinema

Faz muito tempo que venho ouvindo falar de um filme da Barbie. Primeiro com Anne Hathaway, depois com Amy Schumer (!). Mas o projeto...

Streaming

Sei que tem muita gente que não gosta de terror. E também que tem muita porcaria por aí que se denomina filme de terror,...

Streaming

Eu recebi a lista dos lançamentos da Apple TV Plus de fevereiro e separei aqui quatro coisas que fiquei bem curiosa para ver. Veja...

Streaming

Desde meados do ano passado, venho ouvindo falar de Ruído Branco como uma possível presença na temporada de premiações. Especialmente porque era o filme...

Streaming

O Homem do Norte foi muito elogiado em 2022 quando estreou nos cinemas. Eu acabei perdendo o seu lançamento e só fui ver muito...