fbpx

Os melhores do ano que passaram nos cinemas em 2018

Você já deve ter visto por aí várias listas de melhores filmes do ano. Acho que minha lista será um tanto diferente da maioria que você  viu ou verá por aí. Rs. Além de obviamente levar em conta a qualidade tanto da produção, como dos atores, direção, fotografia, etc, escolhi filmes que me surpreenderam. Afinal, quando você já viu tantas produções como eu, ser surpreendida é algo que fica cada vez mais difícil. Mas, antes de entrar no melhores, é preciso falar do pior.

O pior de 2018

É claro que vi uns filmes de terror medonhos de  tão ruins – tipo A Casa do Terror . Mas entre produções com atores de primeira linha e boa produção, um se destacou – da pior maneira. Foi Acrimonia, com Taraji P. Henson. A história é de uma mulher que fica casada com um cara encostado  durante anos. Quando finalmente  ele consegue ganhar dinheiro, ele a deixa e ela fica louca – do tipo Glenn Close em Atração Fatal. Tudo é um desastre. Nem a normalmente ótima Taraji se salva.

Menções Honrosas

Então, vamos esquecer o pior e relembrar o melhor. Tenho duas menções honrosas neste ano. A primeira é o filme   O Beijo no Asfalto, estreia na direção de Murilo Benício. Foi o melhor filme nacional que vi, inclusive quase entrou na lista dos 10 mais. Direção inventiva, roteiro diferenciado, e um novo olhar sobre a clássica história de Nelson Rodrigues.

A segunda é para Bradley Cooper. É muito bom ver  que aquele coadjuvante de Alias virou um dos caras mais respeitados de Hollywood. Neste ano, Bradley teve uma atuação brilhante em Nasce uma Estrela (vou torcer por  ele nas premiações) . Além disso, tem uma direção inventiva, e foi ainda co-responsável pelo roteiro e pela autoria de algumas canções. Está de parabéns!

A Lista

10 – Ilha dos Cachorros

A animação Ilha dos Cachorros é diferente de tudo que você já viu. Dirigida por Wes Anderson, não é para crianças. Mas é bonito, poético,  e vai emocionar! E também é uma crítica veemente da sociedade em que vivemos.

9  – Bohemian Rhapsody

A crítica americana não gostou muito, mas o público adorou a biografia de Freddie Mercury e sua carreira. Eu também! A reconstituição de época, as músicas, a atuação de Rami Malek. Tudo perfeito! E aquele final, é para morrer de chorar!

8 – The Post: A Guerra Secreta

Meryl Streep e Tom Hanks arrasam num filme que mostra um momento fascinante da história americana. O momento em que o jornal Washington Post mudou o curso da história.  Para quem é jornalista , tem um atrativo a mais. A direção  é de Steven Spielberg, em plena forma.

7 – Vingadores: Guerra Infinita

Muita gente fala de Pantera Negra, mas para mim, o melhor filme de super-heróis, e também um dos melhores da Marvel, foi Vingadores: Guerra Infinita. Uma história boa, que aguenta bem tantos personagens importantes juntos. E o final?? Como assim?? Adoro!!! E me faz aguardar ansiosamente pela sequência – que chega em abril.

6 – Mudbound: Lágrimas do Mississipi

Esse filme passou em brancas nuvens no cinema, mesmo com suas 4 indicações ao Oscar, inclusive uma para Mary J. Blige como coadjuvante. Mas é um drama  forte e poderoso sobre racismo e sobre o reajuste de soldados na volta da guerra. Uma história poderosa!

5 – Tully

Charlize Theron tem mais uma de suas incríveis e interessantíssimas atuações como uma mulher que sofre após ter tido seu terceiro filho. Entretanto sua vida muda após a chegada de uma babá noturna. Ela concorre ao Globo de Ouro como atriz de comédia. Não entendi! Para mim é um drama mega forte!

4 –  A Morte de Stalin

Uma comédia histórica cheia de ironia sobre um fato real: a morte repentina do ditador soviético Joseph Stalin. E, surpreendentemente, é muito divertida.  O roteiro brilhante descreve a luta pelo poder na Rússia numa produção extremamente atual.  Vale  para conhecer e dar um riso nervoso.

3 – Buscando…

Uma daquelas jóias que o cinema americano independente, que, infelizmente, poucos viram. Numa linguagem inovadora, o filme mostra a busca de um pai pela filha que desapareceu. Tudo através de telas, seja do celular, do laptop, da TV. É brilhante! John Cho está ótimo no papel principal. Um suspense de primeira.

2 – Infiltrado na Klan

Que filme poderoso de Spike Lee, provavelmente o melhor de sua carreira. Ele conta a história verdadeira e improvável de um policial negro que conseguiu fazer parte da Ku Klux Klan, com ironia e uma fantástica eficiência. Mais uma vez, o final é um marco, e demonstra o quanto a história continua atual.

1 – Um Lugar Silencioso

O suspense é constante nesse filme que deixa você tenso todo o tempo. O diretor ( e ator principal ) John Krasinski consegue manter sua atenção todo o tempo mesmo sem o uso das palavras. Afinal, qualquer som pode fazer com que os monstros venham destruir a família. O elenco, liderado por Emily Blunt, é demais!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *