fbpx

Os fofos Angry Birds estão no cinema

Confesso que antes de assistir Angry Birds – o Filme, que estreia hoje (12) nos cinemas,  eu nunca havia jogado o jogo que tornou os personagens famosos. Devo ser uma das poucas, visto ele já foi downloaded mais de 1 bilhão (isso mesmo, bilhão) de vezes entre todas as versões e plataformas de mobile. Por isso, é bem provável que os fãs, especialmente as crianças.  façam do filme um grande sucesso. Mesmo sem ter envolvimento algum com as aventuras de Red, o principal pássaro nervoso, achei fofo e me diverti.

Assisti Angry Birds – O Filme em 3D. É ok, mas pode ver em tela normal que não fará muita diferença. O filme já começa mostrando uma ilha populada inteiramente por pássaros felizes e que não podem voar – mas nem todos são tão felizes assim. Neste paraíso, o vermelho Red, um pássaro com problemas de temperamento, o veloz Chuck, que fala muuuuito, e o volátil Bomba, que acaba sempre explodindo, são mais ou menos excluídos. Só que quando a ilha é visitada por misteriosos porquinhos verdes, cabe a estes improváveis rejeitados descobrir o que há por trás dessa chegada inesperada.

A animação não é nada fora do comum , mas o cenário é colorido e bonito. Sua história não apresenta grandes novidades. mas consegue fazer você gostar muito desses personagens (adoraria bonequinhos de Red e de Bomba – Chuck é muito chato). Os porcos, os vilões da história são divertidos e fofos. Em alguns momentos até lembram os Minions. A dublagem brasileira é boa, com vários famosos: Marcelo Adnet (Red), Fabio Porchat (Chuck ), Dani Calabresa (Matilda), Pathy dos Reis(Stella) e os irmãos Piologo ( Hal e Bubu). No original, também vários astros emprestam sua voz, como Peter Dinklage, Sean Penn, Jason Sudeikis, Danny McBride e Josh Gad. Uma curiosidade é que tanto Fabio Porchat quanto Josh Gad, que dublam Chuck, também foram os responsáveis também pela voz de Olaf, em Frozen: Uma Aventura Congelante.

Os dubladores brasileiros na pré-estreia do filme

Um outro destaque é a trilha, com várias músicas conhecidas do universo pop. Para se ter uma ideia, a música final é uma versão de uma de minhas músicas preferidas, aqui na voz de Demi Lovato. Dá vontade de sair dançando, assim como os personagens na tela.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *