fbpx

O elenco de O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas 30 anos depois

 data-srcset

É difícil descrever o impacto que tive quando terminei de assistir a primeira vez O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas. Estava na faculdade e a sensação de “onde eu vou quando isso acabar?” nunca foi mais bem traduzida do que na cena final do filme. O filme  contava a história de sete universitários recém-formados que tentam se manter unidos após a formatura, mas sua nova realidade, com alegrias e tristezas, acaba colocando em risco a amizade entre eles. Hoje, faz trinta anos que ele foi lançado nos Estados Unidos. Na época, boa parte do seu elenco ficou conhecida como o Brat Pack, um grupo de jovens atores bonitos e que fazia muito sucesso. A carreira posterior da maioria deles não foi das mais expressivas. Alguns tiveram problemas com drogas, outros com vídeos de sexo. Eles ainda estão por aí mas…

Emilio Estevez – Kirby

Emilio vinha de uma família famosa (filho de Martin Sheen) e na época chegou a namorar com Demi Moore. Fez vários sucessos nos anos 80 como  Tex (1982), Vidas sem Rumo (1983), O Clube dos Cinco (1985). Mas depois de Tocaia (1987) e Os Jovens Pistoleiros (1988), conforme a idade ia chegando, os bons papéis de destaque começaram a rarear. Em 2006, dirigiu o bom Bobby, sobre o assassinato de Robert Kennedy com um grande elenco (Sharon Stone, Anthony Hopkins e Demi Moore, entre outros), que chegou até a ser indicado ao Globo de Ouro de melhor filme. Dirigiu seu pai e a si mesmo em O Caminho em 2010 e agora filma The Public, ao lado de Aubrey Plaza.

Demi Moore – Jules

Na época em que fazia a louquinha Jules, Demi também enfrentava seu próprio problema com drogas. Quando o diretor Joel Schumacher ameaçou demiti-la, ela fez um tratamento e largou as drogas. Tanto que depois do fim da era do Brat Pack, foi a única que realmente se tornou uma estrela de primeiro time, comandando salários recordes como o de 12.5 milhões por Striptease. Teve grandes sucessos como Ghost- Do Outro Lado da Vida (1990), Questão de Honra (1992) e Proposta Indecente (1993). Também  foi produtora dos dois filme de As Panteras no cinema. Foi casada com Bruce Willis e depois com Ashton Kutcher. Recentemente acabou de rodar Forsaken, ao lado de Kiefer e Donald Sutherland.

Rob Lowe – Billy

Ele era simplesmente lindo! Seu primeiro filme de destaque foi Vidas sem Rumo. Com outros como Uma Questão de Classe (1983), Hotel muito Louco (1984), Veia de Campeão (1986) e Sobre Ontem à Noite (1986), além de O Primeiro Ano…, era o sonho de todas as adolescentes da época. Só que um vídeo de sexo mais um número musical horroroso ao lado de Branca de Neve em uma cerimônia do Oscar prejudicaram muito sua carreira (coisas da época). Depois de algumas participações em comédias como Wayne ‘s World e Austin Powers, ele foi para a TV, com  séries que lhe deram um novo fôlego: The West Wing,Brothers and Sisters e Parks and Recreation (mas recusou ser o Derek em Grey´s Anatomy). Atualmente se prepara para estrelar a série The Grinder, programada para estrear em setembro nos EUA.

Andrew McCarthy – Kevin

Andrew era o mocinho da época. Depois de O Primeiro Ano…, fez ainda A Garota de Rosa-Shocking (1986), Manequim (1987)  e Abaixo de Zero (1987). Depois da comédia Um Morto muito Louco (1989), ele se internou para tratar de seu vício de bebida.  Posteriormente ainda fez alguns trabalhos interessantes como O Clube da Felicidade e da Sorte (1993),  O Círculo do Vício (1994) e O Preço da Traição (1996). Foi então para a TV, onde fez as séries Kingdom Hospital e Lipstick Jungle. Acabou de filmar Finding Julia, com Richard Chamberlain.

Judd Nelson – Alec

Ele era o rebelde da época. Judd Nelson também conquistou o público em  Clube dos Cinco (1985).  Depois de O Primeiro Ano..., Este Advogado é uma Parada (1987) e New Jack City (1991), passou fazer filmes B, a maioria lançada diretamente em vídeo. Mas nunca deixou de trabalhar. Recentemente esteve em Nikita e na série de grande sucesso nos Estados Unidos, Empire. Acabou de filmar The Bandit Hound, programado para ser lançado nos cinemas dos Estados Unidos no próximo Natal.

Mare Winningham – Wendy

Foi ela quem teve a carreira mais consistente de todos os membros do Brat Pack. Foi indicada ao Oscar de melhor atriz  coadjuvante por Georgia (1995) e ganhou dois Emmys  também na categoria ( em  80 por Amber Waves e em 98 por George Wallace). Na TV, tem sempre conseguido bons papéis. Foi mãe de Lexie Grey (Chyler Leigh) em Grey´s Anatomy, Sally McCoy em Hatfields & McCoys, além de American Horror Story e The Affair. No cinema, seu último trabalho foi em Philomena (2013).

Ally Sheedy – Leslie

Ally já era um autora de best-seller  (que escreveu aos 12 anos)quando estreou como atriz. Ela já tinha aparecido em alguns filmes antes de O Primeiro Ano…como Jogos de Guerra (1983) e Clube dos Cinco (1985). Nos anos 90 chegou a fazer tratamento por sua dependência de pílulas para dormir.  Fez algumas participações em séries recentemente em Kyle XY e Psych. Ano passado  esteve na comédia Fugly, com John Leguizamo.

Fora do grupo e do Brat Pack ainda havia Dale, papel de Andie MacDowell, a mulher ideal de Kirby. Era apenas seu segundo filme, depois da estreia em Greystoke – A Lenda de Tarzan (1984). Ela seguiu fazendo bons filmes como Sexo, mentiras e Videotape (1989), Feitiço do Tempo (1993), Short Cuts – Cenas da Vida (1993) e Quatro Casamentos e um Funeral (1994). Atualmente estrela a série Cedar Cove e fez uma participação mais do que especial em Magic Mike XXL, que vai estrear no cinema dia 30 de julho.

 

 

 

 style
 style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *