fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O drama de Owen Wilson em Horas de Desespero

Você já deve ter visto vários filmes com o título de Horas de Desespero. Este último, que chega aos cinemas esta semana, é o mais recente e condiz com ao titulo.  Como novidade, traz Owen Wilson, que a gente está acostumado a ver em personagens gaiatos,  fazendo aqui um drama pesado com muita ação. Ele é um pai de família, Jack Dwyer, que chega a um país da Ásia com a mulher e duas filhas pequenas para começar uma nova carreira( e nova vida) como engenheiro de uma empresa americana que vai construir um novo sistema de águas no local. Na chegada eles conhecem uma figura estranha e suspeita (Pierce Brosnan), que está no mesmo hotel que eles. Mas o problema é que logo estoura uma revolução. E começa uma perseguição à família, que simboliza o imperialismo americano.

O filme tem cenas muito boas, especialmente a da fuga do hotel. É claro que o estigma dos americanos bonzinhos, que só queriam ajudar o terceiro mundo e em troca são tratado com violência por gente muito má, está presente todo o tempo.Mas o cinema de Hollywood faz isso desde os primeiros anos de sua história. Assim, se você conseguir relevar,  e até rir com isso, vai encontrar um thriller eficiente, que realmente para mim foi uma surpresa.

O ponto mais fraco é justamente Owen Wilson. Há momentos que ele realmente não consegue “segurar” a carga dramática necessária. Preste atenção especialmente perto do final quando a esposa tem que fazê-lo acordar de uma espécie de transe de  desespero. Difìcil engolir! Ainda bem que tem uma atriz sempre competente como Lake Bell para compensar (ela substituiu Michelle Monaghan, que ficou grávida). A participação de Pierce Brosnan é pequena, mas como sempre, eficiente. Ele traz aquela certa dose de ironia, que é sua marca registrada, e é ótima.

Os três astros na pré-estreia do filme

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Cinema

As comédias românticas encontraram uma casa – e um público fiel – no streaming . Por isso, é interessante – e uma bem-vinda surpresa ...

Cinema

Já começo avisando que Maxxxine é a parte final de uma trilogia. Apesar de ter sido filmado em ordem diferente, cronologicamente ele começa com Pearl(...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Achei que o nível dos lançamentos de julho da Netflix está bem fraquinho. Mas separei aqui sete filmes e séries para você aproveitar as...

Streaming

Na história do cinema, há vários filmes que ficaram durante anos nas prateleiras antes de conseguir chegar às telas. Os motivos podem ser vários....

Streaming

Existe um subgênero no cinema americano que se chama “filme para a família”. Geralmente são aventuras, quase sempre estreladas por crianças, que tem um...

Cinema

Adão Negro é um personagem dos quadrinhos da DC Comics que é uma paixão antiga de Dwayne Johnson. Tanto que ele está ligado ao...

Cinema

Houve um tempo em que Jennifer Lopez teve uma fase de comédias românticas. São dessa época Encontro de Amor (minha favorita), e O Casamento...

Cinema

Tanta coisa incrível chegando no cinema e no streaming essa semana! No cinema tem a estreia de Morte no Nilo, a nova versão do livro...

Cinema

Wes Anderson tem um estilo todo especial. Tem pelo menos uma grande obra-prima, Ilha dos Cachorros (disponível no Star Plus) . Também tem outros...

Cinema

Cinderela estreou nessa sexta na Amazon Prime, após ser adquirido da Sony. Foi mais um dos casos de filmes que tiveram seu trajeto mudado...