fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O drama As Sufragistas chega aos cinemas

O título, apesar de ser uma tradução literal do original, não ajuda. Garanto que a a maioria da população, mesmo a que frequenta os cinemas, é provavelmente não tem ideia do seu significado. Para estas pessoas, aqui vai a explicação: sufragista é aquele que defende a extensão dos votos a todos, sem distinção de raça, sexo, poder econômico, origem etc. Estreando nos cinemas neste Natal, As Sufragistas trata justamente disso. Ou como um grupo de mulheres inglesas lutou (mesmo) contra tudo e contra todos para conseguir o direito ao voto no início do século 20.

Elas desejam tanto ter  poder de fazer suas próprias escolhas, que estão sempre se arriscando a perder tudo. E uma delas, Maude (Carey Mulligan) entra nessa história  quase sem querer. No início, ela é praticamente levada por uma colega de trabalho, seguindo as instruções da líder de sua célula, Edith (Helena Bonham-Carter). Só que depois de um certo tempo, ela não vai hesitar em enfrentar homens como um inspetor da polícia (Brendan Gleeson) ou seu próprio marido (Ben Whishaw, o Q dos filmes de 007).

O filme é informativo e obviamente bem feito, apesar de demorar um pouco para efetivamente começar, mostando o real envolvimento de Maude na história. Creio que é um problema da construção do personagem. Há outros, mais determinados e interessantes, que poderiam ser o centro da história, deixando-a um pouco mais dinâmica. Maude é meia sem sal e por isso mesmo tem em Carey Mulligan uma excelente intérprete. A atriz foi indicada a vários prêmios, inclusive o London Critics e o BIFA (British Independent Film Awards) por esse papel. Apesar disso, é dela uma única cena que realmente me emocionou, que envolve Maude e o filho pequeno. Já a participação de Meryl Streep é mínima,  apesar dela aparecer no cartaz do filme. Tem uma única  cena de alguns minutos como a líder das sufragistas.

No final, é até um bom filme, só que um tanto frio demais para o meu gosto.Especialmente pelo assunto que trata, ainda tão atual. Quando a ação termina, um letreiro mostra as datas em que as mulheres conseguiram o direito ao voto no mundo inteiro (inclusive no Brasil). Por incrível que pareça, ainda há países que só liberaram neste século. E ainda faltam vários…

2 Comentários

2 Comments

  1. Eduardo Pepe

    23 de dezembro de 2015 às 3:32 pm

    Uma correção: Carrey foi indicada ao BIFA (British Independent Film Awards), ela ate pode ser indicada ao BAFTA, mas os indicados ainda não foram revelados. Alem do mais, o filme estar na corrida para conseguir indicações ao Oscar de atriz (Carrey), roteiro e figurino.

    • Eliane

      24 de dezembro de 2015 às 12:31 am

      Você está certo, Eduardo! Obrigada, já vou arrumar no texto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Já falei aqui anteriormente sobre a excelente qualidade das séries da Apple TV Plus. Não só da mais conhecida, The Morning Show, mas também...

Streaming

Uma semaninha bem fraca entre os novos lançamentos do streaming. Acho que é a preparação para Obi Wan Kenobi e Stranger Things que chegam...

Cinema

Filmes sobre histórias que envolvem cachorro são naturalmente emocionantes. Especial para quem, como eu, é apaixonada por eles. Dificilmente no fim eu não acabo...

Streaming

A gente tem que admirar o Chris Hemsworth. Não só pelas razões óbvias já que ele é lindooooo. Mas também porque parece ser boa...

Cinema

Alguns devem se lembrar da série Duro na Queda (The Fall Guy). Ela durou de 1981 a 1986. Mostrava Lee Majors como um dublê,...

Você também pode gostar de ler

Moda

Difícil ver tudo e falar sobre tudo que aconteceu no Met Gala 2022. Era muita gente – era muito estranho ver aquela fila enorme...

Moda

A noite do Critics Choice teve presenças que foram do elegantíssimo até o horrendo. Isso passando pelo totalmente esquisito, rs. Muito nude, alguns vermelhos,...

Streaming

Além de ser uma atriz premiadíssima, Meryl Streep teve tempo de ter quatro filhos  com o mesmo marido, Don Gummer. Isso pode parecer natural...

Streaming

Sou fã dos filmes de Adam McKay. Adoro seu humor ácido, direto e principalmente que não usa meias palavras para criticar os poderosos. Tanto...

Streaming

A semana de Natal tem sempre um monte de grandes lançamentos no cinema e no streaming. Um deles é Matrix Resurrections. Neo, feito por...

Streaming

Vi Ao Entardecer há muitos anos – é uma produção de 2007. Lembro que era bonito e emocionante. Também tinha várias curiosidades. Mamie Gummer...

Moda

Como não houve a festa do Met Gala em 2020, a expectativa era grande para a edição de 2021. Mas, a gente já sabia...

Streaming

É um momento difícil para escolher  quais streamings se deve ter em casa. Netflix, Amazon, Globoplay, Disney Plus, Belas Artes a La carte, Apple...