fbpx

Michael Fassbender no novo trailer de Assassin’s Creed

 data-srcset

Não sou uma jogadora, nem mesmo de baralho, quanto mais destes games que necessitam de atenção e concentração. Não tenho jeito pra isso. Mas adoro filmes baseados em games. E estou muito curiosa para ver Assassin’s Creed, que teve seu trailer lançado hoje (12).  Para quem como eu não tem a mínima ideia do que se trata, o jogo, disponível em diversas plataformas, aborda a rivalidade entre duas sociedades secretas ancestrais: os Assassinos e os Templários, e a sua relação indireta com uma espécie que viveu antes dos humanos, cuja sociedade foi destruída por uma gigantesca tempestade solar. Nos dias de hoje, através da Animus, uma máquina que permite ver as suas “memórias ancestrais”, um jovem explora a história de alguns dos mais proeminentes Assassinos de todos os tempos.

O filme, que será lançado em dezembro deste ano, não seguirá as histórias já abordadas nos games. A ideia da empresa dona do conteúdo, é desenvolver história independentes para o cinema, enquanto mantém as já existentes para os jogos. Segundo a sinopse oficial, Assassin’s Creed – o filme mostrará a jornada de Callum Lynch (Michael Fassbender), que através de uma tecnologia revolucionária que consegue desbloquear sua memória genética, consegue reviver as aventuras de seu ancestral, Aguilar, na Espanha do século 15. Com isso, Callum descobre que é descendente de uma misteriosa sociedade secreta, os Assassinos, o que lhe possibilita acumular um incrível conhecimento para conseguir vencer a opressora e poderosa organização Templária nos dias de hoje.

Estou muito curiosa. O elenco é bom. Além de Fassbender, tem Marion Cotillard, Jeremy Irons, Brendan Gleeson e Callum Turner. Meu único medo é essa atmosfera “enevoada” que o diretor Justin Kurzel gosta. Ele já a usou em Macbeth: Ambição e Guerra, com os mesmos Fassbender e Cotillard, e deixava o filme muito cansativo, já que você tem que se esforçar para enxergar os rostos dos atores. Vamos esperar para ver …

O trio de Macbeth volta a se reunir

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *