fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Jogada de Mestre é um filme sobre um sequestro real

Eu realmente não me lembro da história verdadeira mostrada no filme Jogada de Mestre, que estreou esta semana nos cinemas. Trata-se do sequestro do magnata holandês Freddy Heineken, dono da cervejaria Heineken, que aconteceu nos anos 80. Aparentemente, na época foi um acontecimento, que ganhou as manchetes dos jornais do mundo inteiro. Ele era um dos homens mais ricos da Europa e vivia de maneira pacata em Amsterdã. Mas aí, os problemas da economia fizeram com que um grupo de amigos decidisse arriscar tudo num sequestro, em um plano aparentemente perfeito.

Jogada de Mestre foi filmado em locações bem interessantes, que alternam o feio e o bonito em Nova Orleans, Bruxelas, Antuérpia e Amsterdã.  Praticamente todas as cenas são feitas do ponto de vista dos sequestradores. E eles são protagonizados por atores conhecidos como Sam Worthington (Avatar), Jim Sturgess (Quebrando a Banca) e Ryan Kwanten (True Blood). O roteiro foi baseado no livro best-seller do jornalista Peter R. de Vries. Mas parece que  ele não gostou muito do resultado final, tanto que nem compareceu a pré-estreia oficial. O argumento foi que o filme acabou bem diferente dos fatos reais que ele descreveu no seu livro.

Não li o livro e não conheço os fatos, mas o filme é daquele tipo que você assiste e logo depois esquece, simplesmente porque é muito parecido com vários outros que já passaram na TV. Anthony Hopkins, como vem sendo comum ultimamente, faz seu personagem com o freio de mão puxado, de forma teatral. Sam Worthington é um ator ruinzinho, que em algum momento deu sorte e estrelou filmes como Avatar e Fúria de Titãs. Mas Jim Sturgess e Ryan Kwanten estão muito bem e conseguem atrair a atenção do público em cena.

Ou seja, se você leu o livro O Sequestro de Alfred Heineken, pode ser uma curiosidade interessante assistir ao filme. Ou então, se as outras sessões do cinema estiverem lotadas…

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Cinema

As comédias românticas encontraram uma casa – e um público fiel – no streaming . Por isso, é interessante – e uma bem-vinda surpresa ...

Cinema

Já começo avisando que Maxxxine é a parte final de uma trilogia. Apesar de ter sido filmado em ordem diferente, cronologicamente ele começa com Pearl(...

Você também pode gostar de ler

Cinema

A gente não conhece nem uma parte desses grandes heróis que mudaram a história, salvando tantas pessoas durante várias guerras. E Hollywood, ainda bem,...

Cinema

Lembro-me bem a época que o primeiro Avatar foi lançado em 2009. Os cinemas ficaram lotados! Você tinha que esperar um tempão para comprar...

Cinema

Há uma tendência recente de diretores querendo contar histórias autobiográficas sobre sua infância. Vários saíram recentemente. Entre os recentes, me lembro do excelente Belfast...

Streaming

Já disse aqui algumas vezes que não sou uma pessoa religiosa. Por causa disso, evito entrar em conversas sobre o assunto. Mas, é meio...

Cinema

Eu assisti o trailer de Avatar: O Caminho da Água, na terça-feira da semana passada durante a exibição para a imprensa de Doutor Estranho...

Cinema

Há alguns diretores que tem um estilo todo o pessoal. Ou seja, mesmo sem ver os créditos, você sabe que um filme foi dirigido...

Séries

Jordan Peele criou um gênero em filmes e séries, que mistura denúncias de racismo com sobrenatural. Ele começou com Nós, e depois deu prosseguimento...

Premiações

A gente já sabia que a festa do Oscar desse ano ia ser diferente. Bem menor, e sendo considerado o Oscar de maior diversidade...