fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Jennifer Aniston e o desafio de Cake: Uma Razão para Viver

Eu admiro muito a capacidade de se reinventar de Jennifer Aniston. Ela poderia ficar eternamente marcada como a Rachel, de Friends. Mas segue em frente fazendo escolhas nem sempre fáceis em sua carreira. No auge da controvérsia pós-separação de Brad Pitt fez Separados pelo Casamento, de repente entrou divertida e a vontade na melhor comédia de Adam Sandler nos últimos tempos, Esposa de Mentirinha. E ainda brincou com sua imagem de boa moça como a dentista ninfomaníaca de Quero Matar meu Chefe. Mas seu grande desafio foi se desglamourizar (aos 40+ é um enooorme desafio) para Cake : Uma Razão para Viver, que estreia esta semana (dia 30) nos cinemas

Nele, ela é Claire Simmons, uma mulher traumatizada e depressiva, que busca ajuda em um grupo para pessoas com dores crônicas. Lá, ela fica sabendo do suicídio de um dos membros do grupo, Nina (Anna Kendrick). Claire fica obcecada pela história desta mulher, e começa a investigar a sua vida. Aos poucos, começa a desenvolver uma relação inesperada com o ex-marido de Nina, Roy (Sam Worthington).

É preciso deixar claro que a atuação de Jennifer não depende do fato que ela não usa maquiagem e nem arruma o cabelo. É possível a todo o momento sentir a dor física e emocional da personagem. É clara a entrega da atriz. Infelizmente, foi um ano de grandes interpretações femininas, por isso tanto ela quanto Amy Adams (Grandes Olhos) acabaram ficando de fora das indicações do Oscar (a razão pela qual Felicity Jones ficou dentro escapa à minha compreensão). Mas as indicações para o Globo de Ouro e para o SAG´s com certeza fizeram com que as pessoas enxergassem o potencial da atriz.

O elenco de Cake na apresentação do filme no Festival de Toronto

Na época em que o filme foi lançado nos Estados Unidos, li algumas críticas dizendo que ele não ficava à altura da atuação de Jennifer. Eu discordo. Também por causa da atriz, o filme me manteve interessada todo o tempo, querendo saber como seria o desfecho da história, que não perde tempo explicando demais. Só o suficiente. Cake tem ainda várias participações especiais de rostos conhecidos como Felicity Huffman (Desperate Housewives), seu marido William H. Macy, Chris Messina (muito bom como o ex-marido), a filha de Meryl Streep, Mamie Gummer, e a jovem Britt Robertson, que tem outro filme estreando esta semana, Uma Longa Jornada. Mas quem realmente impressiona é Adriana Barraza (Babel), como a empregada/amiga/confidente/mãe/irmã. A química dela com Jennifer faz do filme uma grande homenagem à importância da presença de pessoas amigas em momentos difíceis

 

1 Comentário

1 Comentário

  1. Liliane Coelho

    29 de abril de 2015 às 8:41 am

    Certamente, Jennifer devia ter sido indicada ao Oscar! Acho que tiraria Felicity Jones mesmo, embora ache que a menina demonstra surpreendente força sendo delicada (especialmente aquela cena dela segurando o quadrinho com as letras me convenceu de sua indicação) e faz uma parceria bonita com o Eddie, mas Aniston carrega todo o filme, que é instigante, mas deve a maior parte de sua força a ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Cinema

As comédias românticas encontraram uma casa – e um público fiel – no streaming . Por isso, é interessante – e uma bem-vinda surpresa ...

Cinema

Já começo avisando que Maxxxine é a parte final de uma trilogia. Apesar de ter sido filmado em ordem diferente, cronologicamente ele começa com Pearl(...

Você também pode gostar de ler

Premiações

Depois de ver tantas premiações, onde todo mundo escolhe a mesma coisa, é bom ver a opinião do público. neste domingo aconteceu o People’s...

Moda

O red carpet do Globo de Ouro 2024 teve um pouco de tudo. Em geral, muito glamour. Muito rosa (influência de Barbie?), muitos looks...

Streaming

Tenho certeza que Disque Jane é um daqueles filmes que vai levantar polêmica. Se até Barbie está virando polêmica, imagine esse, rs. O filme...

Cinema

Hollywood adora produzir filmes de terror porque são baratos e atingem um público mais jovem. Por isso, semana sim semana não, estreia algum no...

Cinema

Cada vez mais quem tem preconceito contra mulheres mais velhas em Hollywood tem que engolir sua revolta, rsrs. Isso porque elas estão cada vez...

Streaming

Há alguns filmes onde fica claro que o elenco se diverte horrores. Muitas vezes mais do que o público. Eu até que ri e...

Streaming

Março – o mais lindo mês do ano (rsrs) – chegando, e estão aqui os meus destaques entre as estreias da Netflix no mês....

Cinema

Julia Roberts e Jennifer Aniston são dois exemplos do poder das atrizes 50+ em Hollywood. As duas vão estrelar uma comédia sobre troca de...