fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Baseado em fatos reais, Um Milagre Inesperado é estreia do Telecine que emociona!

Nesses tempos em que vivemos, tenho tentado evitar assistir filmes sobre grandes dramas pessoais. Especialmente os que tem a ver com doenças, ou pessoas incapacitadas de viver a vida como conheciam. A gente vê tanta tragédia no dia a dia, que  tudo se torna um pouco demais. Só que aí, quando fiquei sabendo que Um Milagre Inesperado era estrelado por Naomi Watts e Andrew Lincoln, vi que tinha que assistir. O filme estreia na sessão superestreia no Telecine Premium, às 22h, e na plataforma de streaming no sábado (17).

Baseado no best-seller Penguin Bloom, de Cameron Bloom, o filme conta a história de uma família atingida pela tragédia. Sara Bloom (Naomi Watts), seu marido Cameron (Andrew Lincoln) e aos filhos  saem em uma viagem de férias à Tailândia. Lá, ela acaba sofrendo um acidente que a deixa sem o movimento das pernas. De volta à casa da família na Austrália, todos tentam se adaptar ao novo contexto. Apaixonada pela vida, Sara acaba entrando em uma depressão. É nesse momento que chega um hóspede inesperado, a ave magpie, Penguin. Ela traz um novo brilho à dinâmica familiar.

A crítica de Um Milagre Inesperado

Fui pesquisar sobre as magpies. A tradução é pega-rabuda ou pega-rabilonga. Trata-se de uma das espécies de aves mais inteligentes do mundo. Inclusive é uma das nove espécies que podem reconhecer seu reflexo no espelho. Isso ajuda até a entender mais o filme. As cenas do pássaro, e como ele interage com os membros da família, é um dos pontos altos do filme. Sete pássaros diferentes  fazem o papel de Penguin. Ele é como se fosse um cachorro, que sente a tristeza e a felicidade dos membros da família. Além de fazer muita bagunça, claro. E isso faz com que o filme fique até um pouco mais leve, em contraponto com o drama de Sam.

Eu adoro Naomi Watts. Ela é uma atriz completa, que consegue passar todos os pensamentos. E aqui, é um show vê-la passar pelas mais diversas situações, especialmente com Penguin. Andrew Lincoln,  bem diferente do Rick de The Walking Dead,  não tem muito o que fazer, mas se sai bem como o marido super compreensivo. Fiquei ainda totalmente impressionada com o garotinho que faz o papel de Noah. É ele quem acha Penguin e também quem se sente culpado pelo acidente da mãe. É um achado como ator, além de lindo.

Quase sem perceber, você vai se ver completamente imerso na história de Sam, Noah e Penguin. É uma jornada de superação, amor e devoção pontuada por lindas paisagens. Já aviso que vai ser impossível não se emocionar com o final. E não deixe de acompanhar durante os créditos, as fotos da família verdadeira e de Penguin.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Séries

Confesso que a primeira temporada de The Walking Dead: World Beyond não me conquistou tanto como eu esperava. Mas, de qualquer maneira, a série...

Cinema

Em 2014, eu coloquei o filme francês A Familia Bélier entre os meus Top 5 do ano. É um filme que mexe com as...

Cinema

Feitiço do Tempo é um clássico, um filme sem igual. É muito difícil manter a atenção da audiência com situações que se repetem. E...

Cinema

Se você já viu a nova Cinderela, da Amazon Prime, e quer mais histórias similares, aqui tem a sua listinha. Há outros vários filmes...

Cinema

Quando vi a sinopse e elenco de Dois Corações, o que me chamou a atenção foi a presença de Jacob Elordi. Virei fã depois...

Cinema

Filmes e séries já foram feitos sobre Diana Spencer. No cinema, Naomi Watts fez o fracasso Diana, de 2013. Público e crítica odiaram. Está...

Cinema

Eu amo os livros de Jane Austen. Como boa romântica que sou, sou fã de seus romances fofos e finais felizes. Já li todos....

Streaming

O filme alemão Céu Vermelho Sangue  é um grande sucesso da Netflix. Ele mistura suspense com uma história de terrorismo com terror de vampiros....