fbpx

Adeus, Mike Nichols!

 data-srcset

Depois de um feriado gostoso ao lado de amigos, vi no blog do querido Miguel Barbieri a notícia da morte de Mike Nichols. Mais uma grande perda para o cinema ( e para o teatro) neste ano de 2014. Ele foi o diretor que mais ganhou prêmios Tony (o Oscar do teatro) na história. Aliás, amanhã, sexta-feira, dia 21, todas as luzes da Broadway serão diminuídas como homenagem por um minuto às 19.45h.

Ele é também um dos brilhantes profissionais que tem o EGOT (Emmy, Grammy, Tony e o Oscar).  No Oscar foi indicado quatro vezes – 1966 (sua estreia no cinema em Quem tem medo de Virginia Woolf?), 1984 (Silkwood), 1983 (Uma Secretária de Futuro)  e  em 1993 (Vestígios do Dia). Foi vencedor uma vez pelo marco do cinema  A Primeira Noite de um Homem , em 1967.

Mike Nichols recebendo seu Oscar de Leslie Caron

Era tremendamente admirado por toda a comunidade cinematográfica. Em 2003, Meryl Streep e Candice Bergen se juntaram em uma homenagem  a ele no Kennedy Center e brincaram lendo as 5 regras de filmagem de Mike Nichols em seu humor  característico: ” 1 – A cuidadosa aplicação do terror é uma importante forma de comunicação. 2 – Qualquer coisa pela qual valha a apena lutar, vale a pena também jogar sujo. 3 – Não há absolutamente substituto algum para uma genuína falta de preparação. 4 – Se você acha que há algo de bom em todo o mundo, você não conheceu todo o mundo. 5 – Os amigos podem ir e vir, mas com  certeza  os inimigos se tornarão chefes de estúdio”

Mike com Meryl Streep e Al Pacino, quando Angels of America foi premiado com o Emmy

Em setembro prestei uma homenagem a um de meus filmes mais queridos, Uma Secretária de Futuro, dirigido por Mike Nichols. Além destes, selecionei aqui meus trabalhos favoritos do diretor. Assista na TV, pegue um DVD,  veja no Netflix. A forma não importa. mas você tem que conhecer o trabalho de Mike Nichols.

1- Uma Secretária de Futuro

Veja aqui o link da matéria que coloquei o dia 30 de setembro. O tempo passa, as roupas e a maquiagem ficaram ultrapassadas, mas o filme continua uma delícia.

http://www.blogdehollywood.com.br/cinema/para-comemorar-o-dia-de-hoje-relembre-uma-secretaria-de-futuro/

2 – A Primeira Noite de um Homem

Um marco na história do cinema. O filme que transformou Dustin Hoffman em astro, apresentou a linda Katherine Ross e usou a trilha sonora de Simon & Garfunkel de maneira brilhante. E, é claro, tinha Anne Bancroft como Mrs. Robinson. A cena final, após a fuga do casamento é simplesmente inesquecível!

3 – Lobo

A critica geralmente detesta o filme. Mas eu gosto muito. Jack Nicholson  está mais Jack Nicholson do que nunca (bem, talvez empatado com As Bruxas de Eastwick…). Michelle Pfeiffer está maravilhosa e o clima sensual persiste todo o tempo.

4 – Quem tem medo de Virginia Woolf?

Estreia de Mike como diretor. Que texto brilhante, que grande direção de atores (Elizabeth Taylor está incrível). Uma das melhores adaptações de textos dramáticos do teatro para o cinema.

5 – Closer – Perto Demais

Outra adaptação de um texto dramático do teatro. Julia Roberts, Jude Law, Clieve Owen e Natalie Portman são dois casais  cujas vidas mudam após encontros inesperados, atrações instantâneas e traições casuais. Como sempre, a música é parte vital dos filmes de Mike Nichols. Neste caso, a bela Blower´s Daughter de Damian Rice.

Em 2010, Mike Nichols foi homenageado  por sua carreira pelo American Film Institute. Toda a Hollywood estava lá para homenageá-lo. Merecidamente.

 

 style
 style

Existem 1 comentários

  1. Bela homenagem, Eliane. Em linhas escritas ainda sob o impacto da notícia, você expôs com síntese e brilho uma das carreiras mais notáveis de um diretor versátil em filmes para o cinema e a TV , e também no teatro.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *