fbpx

Adam Sandler mostra versatilidade em dois filmes lançados no festival de Toronto

Hoje, 9 de setembro, é aniversário de Adam Sandler. E enquanto pode-se dizer que tem uma carreira de sucesso, ele ficou realmente famoso fazendo basicamente o mesmo personagem que ocasionalmente fala  numa VOZ MUITO ALTA quando está nervoso. Mas há um tempo atrás, ele provou que pode ser um bom ator num papel diferente. Lembra de Embriagado de Amor?  Faz algum tempo, foi lançado em 2002. Mas agora o ator parece querer novamente seguir um caminho  similar.  Primeiro se juntou a dois diretores com talento – Tom McCarthy e Jason Reitman – para dois filmes que que estão sendo lançados agora no Festival de Toronto.

Em The Cobbler, dirigido por McCarthy, Sandler é um sapateiro que trabalha numa loja que está na família há gerações. Ele está desencantado com a vida até que num belo dia  uma mágica permite que ele “entre” na vida de seus clientes, o que fará com que ele veja a vida de uma maneira diferente. O elenco é bom: Dustin Hoffman, Ellen Barkin, Steve Buscemi e Dan Stevens (o Matthew de Downton Abbey). A história parece doce, bonita e sem muita oportunidade para as piadas escatológicas que o ator adora. Com 48 anos, parece que Sandler está crescendo!

Em Men, Women and Children, de Jason Reitman, não é diferente. Sandler faz parte de um elenco de estrelas no filme sobre o relacionamento de pais e seus filhos que tem que enfrentar muitas tentações sociais que o mundo totalmente conectado oferece. Sandler é um homem casado com Rosemarie De Witt (a Rachel de O Casamento de Rachel). mas seu casamento perdeu a magia e os dois começam a procurar pela felicidade em outros lugares. Ainda no elenco estão Emma Thompson, Judy Greer, Jennifer Garner e o  fofíssimo,  Ansel Elgort, de A Culpa e das Estrelas.

O elenco e o diretor de Men, Women and Children no Festival de Toronto

Apesar de gostar muito de algumas de suas comédias doidas como Afinado no Amor, Juntos e Misturados, Esposa de Mentirinha e até mesmo (Alerta de prazer com culpa!) Zohan – O Agente Bom de Corte,  é bom ver Adam Sandler seguir um caminho diferente e demostrar que pode ser um ator versátil! Afinal, ele é tão simpático!

Existem 1 comentários

  1. Não curto nenhum pouco Sandler, embora seja realmente simpático. A excesão é quando ele resolve variar de seu tipo habitual, como Embriagados do Amor.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *