fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A tragédia real de Kursk: A Última Missão

Eu assisti Kursk – A Última missão, que estreia amanhã (9) nos cinemas, no mesmo dia em que assisti O Caso Richard Jewell, que estreou na semana passada. Os dois são baseados em histórias reais recentes, e também são daqueles filmes que deixam um amargor na boca ao perceber como orgãos incompetentes de governos podem destruir a vida de pessoas. Para quem conhece a história do submarino russo Kursk, a tragédia é ainda maior, e a revolta que fica também.

O filme é inspirado na história verídica de K-141 Kursk, o submarino nuclear russo que afundou no Mar de Barents em agosto de 2000. À medida que 23 marinheiros lutam pela sobrevivência dentro da embarcação, as suas famílias desesperadas combatem obstáculos burocráticos e probabilidades assustadoras para conseguirem encontrar respostas e salvar os entes queridos. Mesmo com o oferecimento de ajuda de outros países, os russos relutam em assumir que não são a potência poderosa de outrora, sem a capacidade de salvar seus próprios marinheiros.

O incômodo da história do Kursk

Baseado no livro de Robert Moore, A Time to Die: The Untold Story of the Kursk Tragedy, o filme acompanha três frentes paralelas. Os marinheiros presos no submarino à espera de resgate, as suas famílias que cobram notícias dos políticos/militares, e o esforço de um Comodoro inglês (Colin Firth) para ajudar, mesmo que o governo russo não queira. As cenas dentro do submarino são terríveis – no bom sentido. Para quem é claustrofóbica como eu, é desesperador ver aqueles homens lutando para conseguir um pouco de ar, passando por espaços mínimos, e ainda tendo que suportar o frio congelante daquelas águas. Já as cenas das famílias em busca de notícias, impotentes para salvar seus entes queridos sãotristes e emocionantes. Mas o pior são aquelas onde a burocracia incompetente dos comandantes impera, sem se importar com as perdas de vidas humanas.  É de embrulhar o estômago.

O elenco

Como o líder dos marinheiros, Mikhail, Matthias Schoenaerts tem aquele carisma de herói trágico, que faz com que você se apaixone por ele em todos os filmes (sim, é o meu caso). Colin Firth traz a fleuma britânica que também funciona smpre como o Comodoro. O elenco ainda têm Lea Seydoux como a esposa de Mikhail, e o veteraníssimo Max Von Sydow como o chefe do governo russo. O ator reencontra sua parceira de As Melhores Intenções, Pernilla August, numa cena particularmente poderosa. E ainda, para deixar tudo ainda mais melancólico, foi também o último filme de Michael Nyqvist (Nesterov). Ele morreu um mês antes do fim das filmagens em 2017. Segundo o the Guardian, ele já tinha feito todas as suas cenas.

E, no final…

Com isso tudo, é claro que Kursk – A Última Missão é um filme incômodo. Mas é daqueles que a gente precisa ver . Não importa se foram tomadas liberdades artísticas de roteiro. O cerne do problema está lá –  e tristemente ainda continua presente em muitos lugares.

 

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Séries

Outlander é uma daquelas séries que tem seguidores fanáticos. Há nove livros da saga disponíveis (li seis deles). E a série já foi aprovada...

Streaming

Muita gente deve lembrar do caso do time de futebol de meninos que ficou preso em uma caverna na Tailândia, que logo se encheu...

Streaming

Essa semana o American Film Institute anunciou que vai conferir a Michelle Yeoh o título de Doutor Honoris Causa das Artes. Tudo isso por...

Gossip

Anne Heche, mais conhecida por filmes como Volcano e Seis Dias, Sete Noites (ambos do Star Plus), sofreu um grave acidente em Los Angeles....

Streaming

Essa semana, várias notícias sobre a Warner – com o cancelamento do filme da Batgirl – e o fim da HBO Max pipocaram nas...

Você também pode gostar de ler

Cinema

David O. Russell é um diretor que já foi indicado a vários Oscars. Tem grandes filmes em seu currículo, como O Vencedor, O Lado...

Streaming

Não poderiam haver duas séries mais diferentes. Mas vida de quem escreve sobre cinema é assim mesmo. E eu gostei muito de A Escada...

Streaming

A essa altura do campeonato provavelmente todo mundo já viu. Mas na fila de filmes e séries para assistir, só agora consegui tempo para...

Streaming

A minha dica especial da semana de cinema é O Peso do Talento, com Nicolas Cage, que está estreando nessa quinta. Surpresa: um filme...

Streaming

Colin Firth é um daqueles atores que dá pra gente a certeza de que vale a pena assistir a um filme ou série. Ele...

Streaming

A minissérie A Escada estreou na HBO Max na semana passada com três episódios. É baseada numa história real, que inclusive já rendeu um...

Streaming

Maio chegando, e aqui vai a lista das minhas recomendações entre os lançamentos da Netflix. Tem várias séries, algumas inéditas, outras com novas temporadas....

Streaming

Eu adoro filmes que se passam na II Guerra. Especialmente porque muitos deles contam histórias totalmente improváveis, mas que realmente aconteceram. É só pegar...