fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A Lenda de Candyman é visualmente bonito, mas não assusta!

Nos anos 90, O Mistério de Candyman fez grande sucesso no cinema. Hoje ele está disponível no Telecine. O filme teve várias sequências, todas inferiores. Ele era baseado num conto de Clive Barker. Aparentemente, o produtor e diretor Jordan Peele era fã do filme. E produziu uma sequência, que está chegando hoje aos cinemas com o título de A Lenda de Candyman.

O novo filme se passa em um bairro de Chicago chamado Cabini Green. Lá a lenda de um espírito assassino conhecido como Candyman assolou a população anos atrás. Ou seja, no primeiro filme, rs. Agora, o local foi renovado. O artista visual Anthony McCoy (Yahya Abdul-Mateen III, o Manta de Aquaman) e sua namorada, Brianna Cartwright (Teyona Parris, de WandaVision), se mudam para Cabrini. É lá que Anthony pretende encontrar uma nova fonte de inspiração. Só que o espírito retorna. E Anthony, Brianna e os novos habitantes locais também serão obrigados a enfrentar a ira de Candyman.

A crítica

O filme tem um visual interessantíssimo. Há o uso de cenas fotografadas de modo impactante. Mas o melhor para mim são os bonecos de sombras. Nada no filme foi mais assustador que eles. São usados no início, durante o filme , e também durante os créditos. São o grande destaque. A direção de Nia DaCosta é bem inventiva. Vale prestar atenção. O grande problema do filme, na minha opinião, é o roteiro. Ele tem a mão de Nia e de Jordan Peele entre outros. Ele explica demais, enrola demais, cria outras histórias, o que tira o foco da história principal . Faz um paralelo com casos de racismo e momentos diferentes de Candyman. Com isso, deixa o horror de lado. Durante o filme, não houve um único momento em que me assustei, ou que me deixou ao menos tensa. 

Mas há alguns momentos bem nojentos. Confesso que nesses, quando Anthony começa a mexer em sua pele necrosada, deixei de olhar. Só que isso não tem nada a ver com terror, né? Ou seja, o novo  Candyman pode até agradar alguns com sua proposta, mas não tem terror não!

Eu revi O Mistério de Candyman para lembrar detalhes. O novo filme presta várias homenagens a ele. É claro que o filme envelheceu (é incrível ver como o povo fuma em diversas cenas). Mas, sinceramente, ainda acho mais eficiente como terror do que essa sequência de 2021. Há as participações especiais de Virginia Madsen, Tony Todd e Vanessa Williams.  E ainda inúmeras referências. Se você tiver interesse de ver a sequência, sugiro ver antes o original no  app do Telecine.

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Deserto Particular, o candidato do Brasil, ficou de fora do pré- finalistas ao Oscar de filme estrangeiro. Mas O Homem Ideal, representante da Alemanha,...

Cinema

Goste ou não da trilogia de Matrix, é preciso reconhecer que ela foi revolucionária para o cinema. Fez um monte de fãs ardorosos em...

Cinema

Normalmente a gente espera que filmes de Natal sejam fofinhos e bobinhos, como Um Castelo para o Natal da Netflix, que assisti ontem. Tem...

Streaming

Muito bom voltar a fazer o vídeo da semana depois da viagem. Perdi alguns filmes como King Richard, mas deu tempo de chegar para...

Cinema

Na manhã de hoje, um pouco antes de ir para a sessão de imprensa de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, li rapidamente que o...

Cinema

Mesmo com seu 69 anos, Liam Neeson não para de trabalhar. Ele já anunciou que não quer fazer mais filmes de ação, porque realmente...

Premiações

A premiação do prêmio Gotham traz algumas considerações para a Temporada de Premiações. Afinal, o prêmio é a porta de entrada do bochicho de...

Cinema

Apesar de não assistir novelas há um bom tempo, eu adoro um bom novelão. Cheio de dramas, descabelamentos, e gente rica, rsrs. Quem não??...