fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A decepção cinematográfica de O Juízo

Alguns dos filmes do diretor Andrucha Waddington estão entre os meus preferidos do cinema brasileiro. É o caso de Casa De Areia; Chacrinha –  O Velho Guerreiro; Eu, Tu, Eles; Gêmeas. Por isso fui assistir com grande expectativa, O Juízo , seu novo filme que estreou hoje nos cinemas. Ainda mais por se tratar da primeira incursão do diretor no gênero terror, que eu adoro. Mas, infelizmente, foi uma decepção.

O filme começa com uma família chegando a uma fazenda que tem suas raízes no período escravocrata. Guto (Felipe Camargo) se muda para esse local com a mulher e o filho com o objetivo de fugir da vida na cidade numa tentativa de se livrar de seu alcoolismo. Mas logo que eles chegam lá, fica claro que o fantasma de um ex-escravo (Criolo) e de sua filha (Kênia Bárbara) não vai deixá-los em paz. Afinal, eles foram assassinados por um antepassado de Guto.

O problema começa com uma percepção. É óbvio que Andrucha Waddington não sabe muito sobre filmes de terror. Não conhece a regra de que é preciso amedrontar o espectador. A ideia do roteiro (de Fernanda Torres, também produtora) é boa. Tem um quê de O Iluminado, com a família chegando a um lugar assombrado, que irá tentar o pai. Só que a direção é sem imaginação, não há sustos, não há nem mesmo aquela melancolia comum no gênero. No final, o filme acaba sendo chato e arrastado, com uma fotografia sem imaginação.

O elenco é bom. Gosto de Felipe Camargo, e Carol Castro sinceramente me surpreendeu positivamente. O garoto Joaquim Torres Waddington (filho de Fernanda e Andrucha, que é a cara de Daniel Radcliffe) sabe passar bem o tédio adolescente diante de certas situações. Difícil é saber o que é atuação e o que é natural, rsrs. E além de tudo o filme ainda tem as participações especiais de Lima Duarte e Fernanda Montenegro, a vovó. Ou seja, é uma produção em família.

Mas isso não seria problema, se a linguagem de O Juízo fosse eficiente. Uma pena que não é . Poderia ter sido ótimo. mas não foi.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Pronto para as dicas da semana? O lançamento mais badalado da semana é de cinema. Finalmente chegou a esperada adaptação de Duna. Já houve...

Cinema

Ninguém pode dizer que Denis Villeneuve não é um homem corajoso. Afinal, ele fez a sequência de um dos filmes mais adorados pelos fãs...

Cinema

Em 2018, o filme Halloween deu um “refresh” na franquia de mais de 40 anos. Quebrou vários recordes, e fez muito dinheiro. Já deixou...

Cinema

Ridley Scott é quase sempre referência quando se fala em um espetáculo grandioso. Já foi indicado quatro vezes ao Oscar, uma delas por Gladiador....

Cinema

O final de semana está chegando e o grande acontecimento é a estreia de Venom: Tempo de Carnificina no cinemas. Ele é o destaque...

Cinema

Lembro que quando Venom  estreou em 2018, todo mundo esperava pelo pior. Mas o filme tinha um bom ritmo, e ainda os diálogos divertidos...

Cinema

Eu gosto dos filmes de James Bond da fase de Daniel Craig. Menos Spectre, que é bem fraco, especialmente no que diz respeito à...

Streaming

Sexo vende e todo mundo sabe. Especialmente em tempos de pandemia quando o contato fica mais difícil. Então vários conteúdos disponíveis no streaming tiveram...